Garoto de 12 anos estupra irmã de 6 para recriar cena do jogo GTA

O menino admitiu a violência

Um menino de apenas 12 anos estuprou a irmã, de 6, para “recriar a cena” do jogo Grand Thef Audio ou GTA. O garoto, que admitiu a agressão, disse que atacou a vítima em diversas ocasiões em casa quando os pais estavam em outro cômodo ou dormindo. O caso aconteceu na Inglaterra.

As agressões aconteceram após a criança assistir à cenas de sexo no jogo, que tem classificação indicativa de 18 anos. Ele não especificou qual cena gostaria de reproduzir, mas a atração permite que jogadores se relacionem com prostitutas, por exemplo. 

De acordo com as informações dos jornais britânicos, a violência foi descoberta após a menina contar sobre o ocorrido para uma amiga de classe, que repassou a informação para a professora.

As crianças não tiverem os nomes revelados. Elas foram ouvidas pela Justiça. “Ele estava assistindo a atos sexuais em pornografia e queria ver como era para si mesmo”, afirmou o promotor Russell Pyne.

O garoto foi levado a um tribunal em que foram lidas as acusações. Ele pode ser encaminhado para um centro terapêutico e pode ter a ficha limpa. Atualmente, o menino de 12 anos tem o nome no registro de criminosos sexuais.