Funcionários dos Correios entram em greve geral

Os trabalhadores não determinaram quanto tempo a paralização deve durar

Os funcionários dos Correios decretaram greve geral por tempo indeterminado na noite de terça-feira (10). Até o início da tarde desta quarta (11), sindicatos de 20 estados e do Distrito Federal confirmaram adesão à paralisação.

A greve reivindica a reposição da inflação do período e é contra a privatização da estatal. Além disso, os trabalhadores pedem também a reconsideração quanto a retirada de pais e mães do plano de saúde e melhores condições de trabalho.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Em comunicado, a Federação Interestadual dos Sindicatos dos Trabalhadores e Trabalhadoras dos Correios (Findect) disse que a decisão “foi uma exigência para defender os direitos conquistados em anos de lutas, os salários, os empregos, a estatal pública e o sustento da família”.

Os Correios, em nota enviada ao G1, afirmam que a greve é parcial e que já foi colocado em prática “um plano de continuidade de negócios para minimizar os impactos à população”. Segundo a estatal, 82% do efetivo total estava trabalhando regularmente na manhã desta quarta.

A empresa também informou que participou de encontros com representantes dos trabalhadores para apresentar propostas, “considerando o prejuízo acumulado na ordem de R$ 3 bilhões”.

A estatal ainda alega que a paralisação “agrava ainda mais a combalida situação econômica da estatal” e que “conta com a compreensão e responsabilidade de todos os seus empregados”, para “se engajar na missão de recuperar a sustentabilidade da empresa e os índices de eficiência dos serviços prestados à população brasileira.”

Os estados que aderiram a greve são Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins, além do Distrito Federal.

Leia também: São Paulo deve ter o dia mais quente do inverno nesta quarta-feira (11)

+ Empresas terão prazo maior para cadastro em sistema de controle de lixo

PODCAST – Está na hora de pedir aumento de salário?