Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Filha é morta por pai depois de postar foto em homenagem a ele

Ele matou a filha de 18 anos, a esposa, e se suicidou em seguida

Por Da Redação 15 ago 2017, 13h33

Uma família foi vítima de feminicídio no último Dia dos Pais, domingo (13). O agente penitenciário Ronaldo da Silva Corrêa, de 49 anos, matou a tiros a esposa, Rosicleia da Silva, de 46, e a filha mais velha, Anna Victoria Corrêa, de 18 anos.

Ronaldo atirou na própria cabeça em seguida, mas foi encontrado ainda com vida pelos policiais. Ele foi encaminhado à Santa Casa de Barretos, e morreu na noite do domingo.

O crime aconteceu na casa da família, em Guaraci (SP). O outro filho do casal, de 5 anos, presenciou as cenas e saiu pedindo ajuda. Ele foi acolhido por vizinhos e seu destino agora cabe à Justiça.

Anna Victoria Corrêa havia postado uma foto amorosa ao lado do pai horas antes, pela ocasião do Dia dos Pais.

Reprodução/Facebook

O assassino já havia sido vereador na cidade entre 1997 e 2000. A vizinha Luciama Bastres contou ao G1 que o agente penitenciário era “educado” e que Rosicleia da Silva era “brincalhona e alegre”.

Embora Ronaldo tenha tirado a própria vida, os crimes são casos de violência doméstica e feminicídio.

Continua após a publicidade
Publicidade