Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Em meio à pandemia, restaurante cria estufas para receber clientes

O restaurante está localizado em Amsterdã e as reservas do mês de maio e junho já estão esgotadas

Por Da Redação - Atualizado em 7 Maio 2020, 14h01 - Publicado em 7 Maio 2020, 14h00

A pandemia do coronavírus tem deixado muitos empreendedores preocupados com o futuro de seus negócios. Em Amsterdã o restaurante Mediamatic ETEN criou uma maneira de continuar suas atividades utilizando estufas para manter o distanciamento social e receber seus clientes durante a pandemia.

O restaurante vegano está localizado em Oosterdok, e os planos para reabrir estão seguindo as medidas de relaxamento no país. O Mediamatic receberá os convidados em pequenas cabines de vidro separadas a uma distância de 1,5 metros e cada uma delas conta com uma mesa para até 3 clientes.

“Essa foi uma das idéias mais viáveis ​​de uma grande lista de idéias que tínhamos durante o brainstorming”, disse Willem Velthoven, sócio fundador da Mediamatic, ao NL Times.

View this post on Instagram

Serres Sépparées is one of our new dining concepts. With the current situation it's difficult to open a restaurant with limited space. So why don't we add to our location and create a safe and intimate home for partners to reconnect, with the outside world at their own leisure. ⠀ ⠀ Our signature plant-based cuisine will be available for guests to enjoy in one bubbles or in the newly renovated main restaurant. ⠀ ⠀ #gastronomy #smartdining #diner #plantbased #food #restaurant #mediamatic #dijksgracht #oosterdok #amsterdam #sunset

Continua após a publicidade

A post shared by Mediamatic ETEN (@mediamatic_eten) on

Segundo o NL Times, o restaurante já esgotou as reservas de maio e junho. Apesar das cabines comportarem mais de 3 pessoas, e existirem outras em que caibam famílias maiores, os sócios informaram que não querem exagerar no otimismo e arriscar tanto nesse momento de pandemia.

A partir do dia 11 de maio, as escolas do país voltam às atividades, mas com as turmas reduzidas em 50%. Os eventos como festivais e competições esportivas continuam proibidas até o início de setembro.

Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva:

Continua após a publicidade
Publicidade