Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Cinco documentários excelentes para assistir no Netflix

Nossa editora, Luara Calvi Anic, indica cinco documentários no canal online

Por Luara Calvi Anic Atualizado em 28 out 2016, 17h10 - Publicado em 31 dez 2015, 06h00

Muitas vezes, passamos mais tempo procurando algo no Netflix do que, efetivamente, assistindo. Nada melhor do que ter sempre uma indicação na manga. A seguir, uma seleção de documentários disponíveis no canal online para começar o ano bem informada – e muito inspirada.

Twinsters

Aos 25 anos, uma coreana adotada descobre pela internet uma mulher igual a ela. Resolve ir atrás e ganha uma irmã gêmea idêntica! Samantha Futerman e Anaïs Bordier (foto) foram adotadas por diferentes famílias quando ainda eram bebês. A primeira, criada nos Estados Unidos, se tornou atriz e mora em Los Angeles. A segunda, cresceu na França e graduou-se em moda pela Central Saint Martins, em Londres. Depois da descoberta, Samantha resolveu contar essa história em um documentário lançado em 2015.

Jiro – O Sushi dos Sonhos

O maior sushiman do mundo tem 90 anos. O japonês Jiro Ono é dono de um pequeno restaurante em Tóquio, com três estrelas no Michelin (nota máxima do guia). Pudera, ele é obstinado pelo que faz: “Mesmo na minha idade, no meu trabalho eu ainda não alcancei à perfeição. Vou continuar escalando, tentando alcançar o topo, Mas ninguém sabe onde é o topo!”, diz. Em 2014, o presidente Barack Obama ocupou uma das disputadas dez banquetas do restaurante. O filme, de 2011, é uma lição de persistência e amor à profissão. A direção é de David Gelb.

Filhas da Índia

Em 2012, uma indiana de 23 anos foi estuprada dentro de um ônibus por seis homens. A estudante de medicina voltava do cinema, às 21h, quando foi violentada e morta. O filme traz entrevistas com os estupradores, que não se arrependem do crime que cometeram, feministas e familiares da vítima. Além de mostrar as manifestações desencadeadas pelo crime, que chocou o mundo e o país. Vale lembra que a cada 20 minutos uma mulher é estuprada na Índia. Lançado em 2015, o documentário é dirigido pela britânica Leslee Udwin e coproduzido pelo canal BBC.

Continua após a publicidade

Quebrando o Tabu

A guerra às drogas, declarada pelo mundo e principalmente pelos Estados Unidos, tem se mostrado ineficaz. “Pensar num mundo livre de drogas é uma coisa utópica. Não houve até hoje na história. Agora, você pode reduzir o dano que a droga traz às pessoas e a própria sociedade”, diz Fernando Henrique Cardoso no documentário de 2011. Além do ex-presidente e sociólogo, também estão no filme nomes como o médico Drauzio Varella, o escritor Paulo Coelho e o ex-presidente dos Estados Unidos Bill Clinton. Eles discutem, de maneira esclarecedora, formas de lidar com o consumo de drogas no mundo.

Chef’s Table

Do mesmo diretor de Jiro – O Sushi dos Sonhos, a série produzida pelo Netflix é composta de excelentes documentários de 45 minutos cada sobre seis grandes chefs do mundo. Entre eles, o argentino Francis Mallmann, que vive em uma ilha na Patagônia e cozinha usando técnicas ancestrais para o preparo de carne. As imagens são impressionantes!

Luara Calvi Anic é editora de CLAUDIA e dá dicas de cultura semanalmente. Para falar com ela, clique aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade