Cartilha de escola chama criança gorda de ‘botijão’

Material, distribuído em ação de combate à obesidade infantil, gerou polêmica entre pais em São José dos Campos

Uma cartilha sobre hábitos alimentares entregue para alunos de uma escola da rede municipal de São José dos Campos (SP) gerou polêmica entre os pais, que consideram a abordagem preconceituosa ao tratar a questão da obesidade infantil como um pesadelo.

O material traz uma história em quadrinhos com personagens acima do peso que se comparam a um botijão e com medo de olhar no espelho, de acordo com o G1. Após ser acionada pela reportagem, a prefeitura disse que vai recolher o material.

Cartilha distribuída em escola municipal

Cartilha distribuída em escola municipal (Reprodução/Reprodução)

A cartilha “A Fantástica Magia dos Alimentos – informações para uma alimentação saudável” foi entregue aos alunos do 4º ano da escola municipal Maria de Melo, no Parque Industrial, na última sexta-feira (13).

No quadrinho, a personagem Alice sonha que está em um mundo rodeada pelas tentações das guloseimas e, quando engorda, tenta fugir. Ao se ver no espelho, Alice não se reconhece e o espelho pede que ela ‘não se assuste’ com a imagem refletida. Para as mães, o texto impõe às crianças medo da alimentação, distorção de imagem e reforça preconceitos como o que associa que pessoas acima do peso são lentas e roncam. Especialistas ouvidos pelo G1 concordam.

De acordo com a reportagem, foram adquiridas 10 mil unidades da cartilha, ao custo de R$ 18.900 e com a dispensa de licitação.

Leia também: Simaria é internada e Simone faz show sozinha