Artistas lamentam morte do cineasta Fábio Barreto

Barreto estava em coma há 10 anos após sofrer um acidente de carro

O cineasta Fábio Barreto, que também era produtor, roteirista e ator, morreu nesta quarta-feira (20) aos 62 anos de idade, no Rio de Janeiro. Em coma, ele estava internado há 10 anos, após sofrer um acidente de carro.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Os filmes O Quatrilho, indicado ao Oscar como melhor filme em língua estrangeira em 1996, Luzia Homem e Lula e Filho do Brasil foram dirigidos por Fábio.

A notícia causou comoção na classe artística. Famosos prestaram homenagens ao profissional nas redes sociais. A atriz Juliana Baroni foi uma dessas pessoas. “Fábio Barreto descansou hoje após 10 anos em coma . Ele era uma pessoa muito fácil de se conviver . Boa gente, bom diretor, doce e o set era de uma leveza rara e tudo acontecia. Quero deixar o meu amor a ele e deixar meu amor aos que ficam @deborahkalume #joao #juliabarreto @pbarretinha #lucybarreto e #lcbarreto Vocês foram guerreiros incansável durante todo esse tempo”, lamentou.

Já o diretor Walcyr Carrasco escreveu:”Quem nos deixou hoje, aos 62 anos, foi o cineasta brasileiro Fábio Barreto. Ele deu início à retomada do cinema nacional com “O Quatrilho”, além de ter dirigido outras grandes produções. Fica aqui meu abraço forte e sentimentos à família. #ripfabiobarreto #cinemanacional”.

Fábio Barreto deixa 4 filhos, Júlia, Mariana, Lucas e João, e sua esposa Débora Kalume.

Leia também: Google revela quais são os 5 temas mais urgentes para os negros

+ Mãe do ator Caio Junqueira morre dez meses após o falecimento do filho