Após campanha de fãs, nova versão de Liga da Justiça deve sair em 2021

A novidade foi anunciada pelo diretor Zack Snyder e será lançada na plataforma de streaming HBO Max

Os fãs pediram e Zack Snyder atendeu: o diretor de cinema revelou que sua versão de Liga da Justiça será lançada em 2021 no serviço de streaming HBO Max. A novidade foi anunciada durante uma watch party de Homem de Ferro (2013) que reuniu fãs da DC, o próprio Snyder e Henry Cavill em uma chamada de vídeo. “Será algo inteiramente novo e, falando especialmente para aqueles que já viram o filme, uma nova experiência”, declarou o diretoo ao Hollywood Reporter sobre a nova versão.

Lançado em novembro de 2017, Liga da Justiça foi alvo de diversas críticas e não chegou a ter o alcance esperado nos cinemas, arrecadando “apenas” 657 milhões de dólares (a nível de comparação, Vingadores: Guerra Infinita, que estreou poucos meses depois, arrecadou mais de 2 bilhões de dólares). Pouco após a estreia, surgiram rumores de que a versão original de Snyder, que havia abandonado a produção do filme ainda em 2016 por causa do suicídio de sua filha, era mais sombria e mais satisfatória que aquela vista nos cinemas. Os fãs então deram início a uma campanha para que a Warner Bros a lançasse, pressionando a companhia com a hashtag #ReleaseTheSnyderCut, petições online e até mesmo outdoors na Times Square. O barulho foi tanto que até Gal Gadot e Ben Affleck se juntaram ao pedido, tuitando a hashtag no segundo aniversário de lançamento do filme.

E, pelo visto, funcionou. Pouco após a revelação do diretor na watch party, o perfil oficial da HBO Max no Twitter publicou uma foto confirmando a estreia do projeto em 2021. Mais detalhes, porém, permanecem em segredo e especula-se que a produção chegará à plataforma de streaming em forma de uma série de TV. Para tanto, os atores irão gravar diálogos adicionais e novos efeitos serão adicionados. Por enquanto, ficamos na expectativa e na torcida de que, de fato, a nova versão supere o filme de 2017.

Todas as mulheres podem (e devem) assumir postura antirracista

%d blogueiros gostam disto: