Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Aos 93 anos morre James Lipton, entrevistador das estrelas de Hollywood

Apresentador de Inside Actors Studio faleceu em consequência de um câncer na bexiga

Por Ana Claudia Paixão Atualizado em 2 mar 2020, 19h32 - Publicado em 2 mar 2020, 19h27

A fala dele era mansa, ele perguntava as questões incômodas quase em um sussurro. Para os aficcionados do cinema, o programa Inside Actors Studio era – literalmente – uma aula. Clássico na TV americana, no Brasil era exibido pelo canal pago Film&Arts, o programa era apresentado por James Lipton, o jornalista fascinado pelo processo de criação, que não falava de fofocas em suas entrevistas mas que se debruçava nas motivações mais íntimas dos artistas em suas criações.

Seu respeito e preparo ajudava a quebrar qualquer barreira e os artistas gostavam de falar com ele. Ser convidado para o palco do Inside Actors Studio era sinal de muito prestígio. O programa ficou no ar por 23 anos, um marco raro na televisão americana, com mais de 275 entrevistas registradas: de Paul Newman a DeNiro, as principais estrelas de Hollywood e da Broadway abriram o coração para Lipton. Alguns, como Ben Kingsley, chegou a chorar ao falar da morte de sua mãe, Jack Lemmon revelou seu alcoolismo durante o bate-papo e assim em diante.

A origem do programa veio com um convite que o jornalista recebeu para assistir a um workshop feito para atores, autores e diretores, que falavam do processo criativo. O workshop estava com problemas de seguir em frente, por falta de verba, e com a criação do programa ganhou fôlego e fama. De custo barato (poucas câmeras e apenas duas poltronas no palco), o Inside Actors Studio foi indicado ao Emmy 21 vezes, ganhou uma. As entrevistas poderiam durar até 5 horas, mas eram editadas para o formato de 1 hora para caber na grade da TV. Para cada entrevistado, Lipton dedicava pelo menos 2 semanas de imersão para se preparar para a entrevista, revisando cada papel, cada fato marcante na vida do artista.

Lipton faleceu em consequência de um câncer na bexiga. Ele fará muita falta.

  •  

    Como começar a aproveitar a própria companhia e sair mais sozinha

    Continua após a publicidade
    Publicidade