Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

6 irmãos aguentaram o bullying por anos para poder doar cabelos

Por dois anos, os garotos foram alvos de piadas porque mantinham seus fios compridos. A intenção era ajudar na produção de perucas a pessoas com câncer

Por Maria Beatriz Melero - 27 abr 2017, 15h48

Phoebe Kannisto e seus seis filhos mostraram que a verdadeira lição contra o bullying pode ser cortando, literalmente, o motivo das piadas de mau gosto pela raiz. E também pode ser fazendo o bem e ajudando quem precisa.

Durante muitos anos, os filhos de Phoebe –o menino Andre, 10 anos, os gêmeos Silas e Emerson, 8 anos, e os trigêmeos Herbie, Reed e Dexter, 5 anos – foram motivos de chacota de colegas porque tinham cabelos longos, uma vez que não é o corte padrão para pessoas do gênero masculino.

Leia mais: Conheça a menina que distribui “kits de quimioterapia” para crianças com câncer

O que os amigos de escola dos garotos não sabiam é que seus cabelos longos seriam utilizados para a confecção de perucas para pessoas com câncer.

Continua após a publicidade

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10158711923015096&set=pcb.10158711923590096&type=3&theater

O corte, aliás, aconteceu na última segunda-feira (24), quando a família passou a tesoura na cabeleira e a doou para a ONG Children with Hair Loss – organização que produz perucas para crianças que perderam seus cabelos por conta dos fortes medicamentos usados no tratamento contra o câncer.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10158711922620096&set=pcb.10158711923590096&type=3&theater

Causa

A decisão de Andre, Silas, Emerson, Herbie, Reed e Dexter de manter os fios compridos por quase dois anos aconteceu depois que uma amiga da mãe deles perdeu o filho para o câncer.

Continua após a publicidade

“Há três anos, o filho de uma amiga morreu de câncer. Ele era gêmeo e tinha idade parecida com a dos meus gêmeos (…) No primeiro aniversário de sua morte, meus três meninos mais velhos doaram seus cabelos a sua memória (…) Meus garotos querem ajudar e doar seus cabelos é um jeito de eles fazerem isso“, contou Phoebe ao HuffingtonPost.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10158711922895096&set=pcb.10158711923590096&type=3&theater

O costume de doar os cabelos é uma prática de família. Phoebe faz doações desde a adolescência e sua última contribuição aconteceu em 2014.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10158711922565096&set=pcb.10158711923590096&type=3&theater

Continua após a publicidade

Agora, além da mãe e dos meninos, a pequena Marah Taylor, 2 anos, também está motivada a participar do projeto da família. “O cabelo dela não estava longo o suficiente para ser doado dessa vez, mas ela pôde acompanhar os irmãos no salão enquanto eles cortavam seus cabelos.”

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10158711908000096&set=pcb.10158711923590096&type=3&theater

Publicidade