5 mulheres que fazem sucesso em áreas consideradas tipicamente masculinas

Conheça os grandes nomes que ousaram em áreas como ciência, tecnologia e futebol e provaram que "lugar de mulher" é em todo lugar, ou seja, onde elas quiserem!

Engenharia

Mary Barra, CEO da General Motors

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Em 2013, Mary Barra se tornou a primeira mulher na presidência global de uma empresa automotiva ao assumir a cadeira na GM. Barra, formada em engenharia elétrica, foi vice-presidente executiva de desenvolvimento de produtos globais e foi eleita pelo conselho de administração. Hoje, ela ocupa o 5º lugar da lista de mulheres mais influentes do mundo da Forbes.

Política

Vigdís Finnbogadóttir, primeira presidente do mundo

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Especialista em arte e literatura, Finnbogadóttir tornou-se em 1982 a primeira mulher a ser eleita democraticamente para a presidência de um país, a Islândia. Permaneceu no poder por 16 anos, vencendo quatro eleições consecutivas. Vigdís defendeu o reflorestamento, educação, além da preservação a língua islandesa como patrimônio do país.

Ciência

Thaisa Storchi Bergmann, astrofísica brasileira

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

A gaúcha foi a primeira a mostrar que gás e poeira poderiam ser absorvidos e que a matéria poderia escapar de buracos negros no universo. Chefe de departamento da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e pós-doutorada em extragaláctica, Thaisa foi premiada pela ONU este ano. Escolhida pela Unesco, foi reconhecida por ter contribuído para o avanço científico mundial.

Esporte

Nadine Kessler, futebolista

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

A alemã Nadine Kessler foi eleita este ano a melhor jogadora feminina de futebol de 2014 levando a Bola de Ouro. Aos 26 anos, destacou-se tanto na seleção alemã quanto noWolfsburgo, time campeão na Europa.

Tecnologia

Susan Wojcicki, CEO doYoutube

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

9º lugar na lista da Forbes de Mulheres Mais Importantes, Susan é Bacharel em Harvard e é uma das funcionárias mais antigas do Google (que detém o Youtube) e cuida dos lucros das empresas. Ela também trabalha para ajudar as empresas de mídia aproveitarem ao máximo a plataforma de vídeo. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s