CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Dicas para comprar o vestido de noiva

Escolher o vestido é um processo que exige extrema atenção, desde a seleção do modelo até o pagamento do mesmo.

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 10h15 - Publicado em 19 set 2012, 21h00

Quanto mais se aproxima a grande data, mais importante se torna a decisão mais importante para a noiva: O que vestir?
Foto: Divulgação Vera Wang

 

Maio e setembro estão entre os meses mais populares para se amarrar o laço – o que significa que se você não está planejando seu próprio casamento, há uma boa chance de conhecer alguém que esteja. E quanto mais se aproxima a grande data, mais importante se torna a decisão mais importante para a noiva: O que vestir?

Escolher o vestido é um processo que exige extrema atenção, desde a seleção do modelo até o pagamento do mesmo – miudezas que não podem passar despercebidas entre os inúmeros preparativos.

Embora não possamos garantir a você o clima perfeito no grande dia ou um bar de champanhe que não seque, podemos prometer isto: Siga as nossas dicas e você vai ficar tão estonteante que ninguém vai prestar muita atenção à decoração da festa.
 

Dicas para comprar o vestido de noiva

Reserve um bom tempo para a procura do modelo ideal
Foto: Divulgação Vera Wang

 


Dicas para comprar o vestido de noiva  – por emotion.me

 

Planejamento:

Depois de escolher a data do casamento, o passo primordial é ver qual quantia será dedicada a cada etapa. O valor a ser gasto com o vestido deve ser um dos itens principais da lista de orçamentos, pois depois do buffet e serviços de som e imagem, o vestido é um dos itens mais caros.

Modelo:

Muitas noivas já têm por certo o que querem usar. A dica é reservar um tempo para a busca do vestido, pois há uma diversidade enorme de modelos e preços, sem contar as adaptações que podem ser feitas, e os que serão desenhados e confeccionados. Se a noiva não tiver ideia do modelo que irá escolher, essa pesquisa deverá ser feita com bastante antecedência.

Comprar ou alugar?

Para essa escolha o que vai mandar é o valor disponível para gastar com o vestido. Comprá-lo tem suas vantagens, você o terá em mãos sempre que quiser recordar o momento, porém isso requer manutenção, afinal o vestido original é bem diferente depois de guardado por algum tempo na caixa. Já a vantagem da locação é o preço, em contrapartida ele será devolvido e a lembrança permanecerá somente no vídeo e nas fotos.

Preços:

Os preços para compra ou aluguel podem variar bastante por vários motivos. Localidade, simplicidade e sofisticação podem encarecê-lo ou barateá-lo. Outro fator importante é a exclusividade, o tecido, a renda e o bordado, que podem sair mais caros caso sejam exclusivos de uma loja ou estilista. O ideal é pesquisar e esgotar todas as hipóteses.

Continua após a publicidade

Aluguel:

Os valores entre o primeiro e o segundo aluguel são relevantes. O primeiro aluguel é a primeira locação feita depois do vestido pronto (seja ele desenhado para a noiva ou um modelo pronto na vitrine da loja). O único detalhe que o diferencia da compra é o fato de devolvê-lo depois de usado, pois isso melhora o preço. Já o segundo aluguel, terá o valor reduzido devido à depreciação do vestido. Nesse caso o ideal é vistoriar o vestido e compará-lo com um novo. Alguns detalhes podem ser refeitos, outros não, embora as lojas sejam bastante criteriosas provendo a limpeza e remontagem do vestido assim que devolvido.

 

Dicas para comprar o vestido de noiva

Exija que a última prova não seja feita muito próxima da data do casamento, para haver tempo hábil para o conserto de imprevistos
Foto: Getty Images

 

Formas de pagamento:

O ideal é que depois de casados não se tenha nenhuma dívida do casamento. Se o espaço entre a preparação e o casamento for curto, é importante que se tenha um valor guardado para essa despesa. Do contrário, as noivas podem ir pagando pouco a pouco, finalizando a dívida no momento em que o vestido estiver disponível para retirada. Se o pagamento for à vista, nada impede de haver um desconto, porem é preciso estar atenta a seriedade da loja, uma vez que o débito foi quitado antes da entrega do produto.

Contrato:

Tenha a certeza de que tudo que foi acordado está escrito no contrato. Fique atenta aos prazos estipulados e ao valor das multas caso as datas sejam extrapoladas.

Provando o vestido:

Exija que a última prova não seja feita muito próxima da data do casamento, pois se houver algum imprevisto haverá tempo para consertá-lo. Fique atenta a todos os detalhes e tire todas as dúvidas possíveis sobre o vestido.

Retirando o vestido:

Faça a última prova e certifique-se de que todos os acessórios escolhidos como luva, grinalda, véu, tiara e flores acompanham o vestido. Se houver algum erro, ele deve ser reparado naquele momento, embora medidas já tenham sido tomadas para que nada de errado ocorra.
 

 

* emotion.me é o site mais completo para auxiliar noivos no passo a passo de um casamento de forma simples e social

 

Continua após a publicidade

Publicidade