“Food Revolution Day”: um dia dedicado à alimentação saudável

O chef-estrela Jamie Oliver encabeça uma campanha global para informar as pessoas sobre os riscos de se alimentar mal e incentivar o hábito de cozinhar as refeições. Neste ano, o evento acontece na sexta, dia 16.

Inspire-se na iniciativa e adapte o hábito de cozinhar mais suas refeições
Foto: Divulgação/Food Revolution Day

Pelo quarto ano seguido, o chef-estrela Jamie Oliver, conhecido por usar alimentos naturais e orgânicos nas receitas de seus programas de televisão e restaurantes, encabeça o “Food Revolution Day”, (ou Dia da Revolução Alimentar), iniciativa em prol da alimentação saudável, sua bandeira mais querida. A ideia é que na sexta feira, dia 16 de maio, as pessoas cozinhem seus próprios alimentos (em vez de consumir fast food ou comidas congeladas ou enlatadas), conheçam melhor sua própria comida e prestem atenção na forma como nos alimentamos. No Brasil também há uma programação para a data.

Seu objetivo é aumentar a conscientização sobre o número crescente de vítimas de doenças ligadas à má alimentação (diabetes, obesidade, insuficiência cardíaca, AVC…). Quer um número? No mundo, existem mais de 43 milhões de crianças com menos de 5 anos que são obesas ou estão com sobrepeso. E, segundo artigo publicado no New England Journal of Medicine, as crianças de hoje são a primeira geração com expectativa de vida menor que a de seus pais, por causa da alimentação errada e do sedentarismo. Grave, não é?!

Por isso, o mote da campanha, que já se espalhou por mais de 90 países, entre eles Áustria, Bolívia, Bélgica, Canadá, Costa Rica e Brasil, (além de Estados Unidos e Reino Unido), é: “Vamos deixar as crianças animadas com a comida”. Em cada um desses lugares foi criada uma programação especial para ensinar as crianças a cozinhar (sem perigo). “Meu maior desejo é que todas as crianças conheçam os alimentos. Quer dizer, entendam de onde eles vêm, como cozinhá-los e como eles afetam o corpo”, declarou Oliver.

No site da campanha, além de receitas saudáveis e materiais informativos e educativos para pais e escolas, há uma série de informações sobre alimentos e saúde – por exemplo a de que crianças que aprendem a cozinhar têm mais chance de possuir uma alimentação saudável e melhor entender como a comida afeta seu corpo. Ele alerta, ainda, que o hábito de cozinhar, normalmente, passado de geração a geração, está sendo substituído pela conveniência dos alimentos processados e industrializados. “Educando as crianças sobre alimentos de um jeito divertido e engajador estamos equipando eles e as futuras gerações com as habilidades de que precisam para terem vidas saudáveis”, diz Jamie Oliver.

Jamie Oliver dará, ainda, uma aula mundial gratuita e ao vivo ensinando a cozinhar uma receita especial, às 10 horas da manhã, horário de Brasília. Escolas podem se inscrever para que os alunos assistam, clique aqui.

No Brasil, cidades como Ribeirão Preto, São Paulo e Campinas também têm programação para a data. Ribeirão Preto realizará, às 21h, uma apresentação de alunos sobre alimentos industrializados, aberta ao público, no SENAC Ribeirão Preto. Em São Paulo, o Espaço Gastronômico Orbacco realizará uma série de aulas com degustação a partir das 14h. Entre os temas debatidos está a de “Revolução na Alimentação”, com a consultora de alimentação consciente Nadia Cozzi.

Já o Otto Bistrot, além da feira de produtos frescos e orgânicos, terá oficinas gratuitas como a de ‘Comida rápida e saudável’, com a chef Bia Goll, às 20h. Para participar, basta comparecer com antecedência na R. Pedro Taques, 129, Consolação. A Disco Xepa, (evento criado pelo movimento Slow Food – que defende uma alimentação mais cuidadosa e saudável), terá um Cine Debate com o filme “A Economia do Desperdício e o Paradigma da Escassez”, às 19h, na Praça do Beco – Rua Belmiro Braga, Vila Madalena. E, em Campinas, o Centro Cultural de Inclusão e Integração Social da Unicamp – Cis Guanabara – contará com palestras das 8h às 19h. A entrada é gratuita, mas vale chegar com antecedência!

Para mais informações no site oficial, clique aqui. E Assista aqui um vídeo atual da ação. 

Conheça também a história da Chef italiana, Lisa Casali, que cria receitas sustentáveis para evitar o desperdício.