É batata: aprenda a diferenciar os tipos e faça receitas inovadoras!

Poucos alimentos são tão apreciados no mundo quanto a batata, certo? Mas é importante saber que há tipos adequados para fritar, cozinhar e assar

Frita, assada ou cozida: a batata vai bem de todas as maneiras
Foto: Ormuzd Alves

Originária da América do Sul, especificamente das regiões andinas do Peru, Chile e Bolívia, a batata já é cultivada em mais de 180 países, espalhados por todos os continentes. Fonte de energia e rico em vitamina C e potássio, o alimento é o quarto mais consumido no mundo, depois do arroz, do milho e do trigo, de acordo com a Associação Brasileira da Batata.

Tanto é que a Food and Agriculture Organization (FAO) elegeu 2008 o Ano Internacional da Batata por sua importância no combate à fome e à pobreza. Segundo o engenheiro agrônomo Gabriel Bitencourt de Almeida, da Ceagesp, em São Paulo, a maior variedade de batata é encontrada em sacolões e feiras livres.

Nos supermercados, ele ressalta, as melhores batatas estão embaladas, com a devida descrição e indicação de uso: para fritar, cozinhar ou assar. “Normalmente as variedades vendidas a granel nesses lugares possuem muita água e não servem para frituras nem massas”, acrescenta.
 

Os tipos mais comuns

Saber qual a batata certa para massas, frituras ou cozimento faz toda a diferença no resultado da receita, explica o feirante Lewis Ferraz, de uma família que vende o produto há mais de três gerações. “Antes de utilizar as batatas, deve-se lavá-las em água corrente com uma escovinha própria para legumes”, ensina.

Ágata: sua polpa amarelo-clara é recomendada para cozidos, ensopados ou sopas. Por ser aguada, não é boa para massas.
 
Asterix: de polpa amarelo-clara, tem consistência sólida e mais seca. Vai bem cozida ou frita.
 
Baraka: indicada para todo tipo de preparo, pois sua polpa amarela é firme e mais seca.
 
Bintje: considerada a “rainha” das batatas, tem polpa amarela e firme e pouca água. Fica ótima cozida, assada e frita, além de ser a preferida para purês cremosos e consistentes.
 
Caesar: de polpa amarela e mais seca, serve para massas e outros pratos em geral.
 
Monalisa: com polpa de cor amarelo-clara, é mais aguada e pode ser cozida ou assada.
 
Mondial: de polpa amarelo-clara, é indicada para cozimento.
 
Batata-bolinha: todos os tipos têm sua versão bolinha. O termo indica apenas que a batata é bem novinha.

 

Anote receitas deliciosas e inovadoras com batata

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s