4 restaurantes preferidos do chef Rodrigo Oliveira

Chef Rodrigo Oliveira, dono dos restaurantes Mocotó e Esquina Mocotó, dá dicas de restaurantes em São Paulo para você ir com a família

O chef Rodrigo Oliveira adorar elaborar roteiros gastronômicos 
Foto: Lucas Lima

Um dos programas prediletos do chef Rodrigo Oliveira, dono dos restaurantes Mocotó e Esquina Mocotó, ambos em São Paulo,  é sair para comer bem na companhia da mulher, Ligia Fonseca, e das duas filhas, Nina Maria, 4 anos, e Maria Flor, 3. Às vezes, ele encara essas ocasiões como oportunidades para apresentar novos sabores às pequenas. Mas, com frequência, repete os lugares que com certeza agradam aos adultos e às crianças da casa, deixando as novidades para as viagens – quando o roteiro sempre inclui, é claro, incursões grastronômicas. No dia a dia, ele, em geral, escolhe endereços na Zona Norte mesmo, onde mora e trabalha. Não se importa, porém, de ir longe se considerar que a iguaria compensa. Abaixo, ele lista quatro restaurantes que você precisa conhecer:

1. Pães artesanais

“O pão é uma obsessão para nós. Um dos melhores da cidade é o da padaria artesanal Pão, que tem opções 100% integrais, feitas em um processo lento de fermentação e assadas em forno de pedra. Para acompanhar, o suco orgânico de maçã é o nosso preferido.”

Pão, Padaria Artesanal Orgânica – R. Bela Cintra, 1618, Jardins

2. Hambúrguer

“A Dizzy é nosso destino mais certo aos domingos. Os hambúrgueres de lá, inclusive vegetarianos, são caprichados. Pedimos um especial para a Maria Flor, sem manteiga, na chapa, pois ela é alérgica a leite e derivados. A Nina vai de cheesebúrguer com maionese artesanal e eu de cheesebúrguer max, com carne malpassada.”

Lanchonete Dizzy – Av. Braz Leme, 2040, Santana

3. Comida japonesa

“As meninas estão descobrindo a comida japonesa e têm adorado ir ao Sushi Hiroshi. O melhor a fazer é sentar no balcão e deixar o chef, Júlio Hiroshi, escolher o menu. Cada dia é uma supresa. Mas uma boa pedida é o romeo (salmão semigrelhado com gergelim, couve frita e geleia de pimenta).”

Sushi Hiroshi – R. Capitão Manuel Novais, 189, Santana

4. Esfihas

“Tudo é impecável no restaurante armênio Casa Garabed. Minha esfiha favorita lá é a de bastrmá, uma carne típica. Já as meninas preferem o quibe frito, recheado com carne e snobar (sementes de pinheiro).”

Casa Garabed – R. José Margarido, 216, Santana