Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Silvio Santos é acusado de racismo ao tirar prêmio de cantora negra

O apresentador mudou as regras do quadro 'Quem Você Tira' depois da vitória de Jennyfer

Por Da Redação - Atualizado em 17 fev 2020, 11h05 - Publicado em 9 dez 2019, 15h24

Há algum tempo o apresentador Silvio Santos tem se envolvido em algumas polêmicas. E, neste domingo (8), não foi diferente. 

O apresentador foi acusado de racismo por usuários nas redes sociais após mudar as regras do quadro Quem Você Tira (em que o público escolhe a melhor cantora). Apesar de Jennyfer Oliver, intérprete negra, ter recebido a maioria dos votos, ele teria alterado as regras para favorecer uma candidata branca.

A controvérsia começou logo no início do quadro, quando três participantes cantaram a música Dona de Mim, de Iza. Jennyfer, que foi a última a se apresentar, foi interrompida pelo apresentador quando ele disse que a música que ela estava cantando (a mesma das outras candidatas) era chata demais. 

“Me senti super constrangida pela situação de ele ter escutado as três cantarem e, quando chegou na minha vez, ele me barrou, falou que a música era muito chata. Quem escolheu a música foi a própria produção, não foi nenhuma de nós. Achem o que quiserem, não estou me fazendo de vítima, mas me senti prejudicada naquele momento”, contou Jennyfer em seu perfil no Instagram.

Depois da reclamação de Silvio, as quatro candidatas cantaram outras duas músicas, entre elas a canção Caneta Azul que virou um hit. Feitas as performances, a plateia ficou responsável por escolher a vencedora. E com a maioria dos votos, 84 de 100, Jennyfer ganhou. 

Porém, na hora da premiação, Silvio decidiu que daria 500 reais para todas as candidatas e que escolheria a seu preferida. “Na minha opinião, a melhor intérprete de televisão é a Juliani. Você ganhou. Você é muito bonita, você canta bem e ganhou mais 500 reais”, disse o apresentador à cantora que recebeu apenas 5 votos do público. 

Continua após a publicidade
Silvio Santos é acusado de racismo
Reprodução/Twitter

Nos stories de seu Instagram, Jennyfer contou que o programa foi gravado há três semanas, mas que ela não podia mencionar nada sobre o que havia acontecido antes do programa ir ao ar. Ela ainda contou que esperava que a parte que foi impedida de cantar fosse cortada, mas isso não aconteceu. 

“O programa era para ser ‘quem você tira’, o público que tinha que tirar quem eles não tinham gostado e quem seria a melhor. Acabou que ele gostou da Ju e falou que ela ganharia mais 500 reais por ser mais bonita. Só que aí entra aquela questão, o quadro era para cantora, não para beleza”, contou Jennyfer. 

Em relação às acusações de racismo, a cantora preferiu não se posicionar. “Em nenhum momento eu postei nada falando que ele foi racista comigo ou algo do tipo, as pessoas sentiram e postaram coisas no Twitter e no Instagram – e se as pessoas sentiram, eu respeito a opinião de todo mundo, cada um tem a sua. Quem assistiu viu, o povo sentiu a situação.” declarou.

A cantora finalizou dizendo que não ia entrar com qualquer tipo de ação legal contra o programa ou o apresentador. “A gente ganhou o dinheiro, pagamos as contas já, o Silvio vai continuar rico, podre de rico, e não vai adiantar nada ficar brigando pelo que a gente acha que está certo, porque o certo hoje é errado, e o errado é certo”, disse. 

Jennyfer também agradeceu o apoio dos fãs e todos os votos que ela ganhou no programa. “O que vale mais é a paz, então vamos viver em paz. O importante é o amor de vocês por nós artistas.” 

Até a cantora Marília Mendonça entrou em defesa de Jennyfer. A cantora compartilhou no seu perfil do Twitter um vídeo em que a menina aparece cantando com a seguinte legenda: “Toma todos os prêmios e visibilidade do meu Instagram e Twitter pra você, sua linda! Você merece”.

Continua após a publicidade

Confira a reação das pessoas após a exibição do programa:

A equipe da revista CLAUDIA entrou em contato com a assessoria de imprensa do programa do Silvio Santos, porém a mesma não quis se pronunciar em relação ao caso.

Continua após a publicidade

Leia também: 150 mil balões e ursos de flores: a festa de Zoe, filha de Sabrina Sato

+ Inadmissível! Repórter é assediada durante transmissão ao vivo

PODCAST – Como consumir menos, de forma consciente e inteligente

Publicidade