CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Rodrigo Andrade diz que nunca teve conflito quanto à sua sexualidade

Rodrigo Andrade, o Eduardo de Insensato Coração, nunca passou pelos conflitos que seu personagem vivenciou na trama

Por Redação M de Mulher Atualizado em 17 jan 2020, 14h39 - Publicado em 12 jul 2011, 21h00

Rodrigo Andrade comemora o sucesso do personagem
Foto: Agnews

Todo mundo sabe que fazer novela das 9 aumenta a visibilidade de qualquer ator. Imagina quando o personagem é um jovem em conflito com a própria sexualidade? Pois é. Aos 27 anos, Rodrigo Andrade se vê no olho do furacão ao dar vida a Eduardo, de Insensato Coração, jovem que sofreu muito até assumir sua homossexualidade. E angariou a simpatia do público, que chegou a fazer campanha na internet para que o personagem saísse do armário – para satisfação de seu intérprete.

“Quando conheci esse personagem, fiquei fascinado e descobri o quanto eu ia crescer como ator e ser humano ao desempenhá- lo”, diz o ator, que se declara heterossexual. Mas sua orientação sexual não o impede de torcer para ver – e até fazer – um beijo gay na TV. “O beijo é um símbolo poderoso de afeto. Se tem beijo hétero, por que não gay?”, provoca.

Como está a repercussão de seu personagem junto ao público?
Está crescendo a cada dia mais, não posso sair na rua que alguém já vem comentar, brincar e falar do Eduardo. Estava rolando uma campanha no Twitter, o #SaidoArmárioEduardo. Acontecia direto de alguém passar e gritar: “Sai do armário, Eduardo!”


Eduardo saiu do armário. acha que o público pode se voltar contra ele?
Eduardo está seguindo seu coração, ele só vai buscar sua felicidade, seja ela qual for. É claro que podem existir pedras no caminho, mas nada que ele não consiga superar. Tenho certeza de que o público não vai rejeitá-lo, é um dos personagens que mais crescem na novela por seu bom caráter. Ele já conquistou o público!


Em algum momento, ficou apreensivo com o fato de interpretar um homossexual no horário nobre?
Eduardo é um papel maravilhoso que qualquer ator gostaria de interpretar. Dar vida a um jovem que vive vários conflitos, sendo o principal sua sexualidade, no horário nobre da Rede Globo, é uma grande responsabilidade. Não diria que fiquei apreensivo… Me senti honrado por acreditarem no meu potencial.

 

Continua após a publicidade

Rodrigo Andrade diz que nunca teve conflito quanto à sua sexualidade

O ator, numa cena da novela das 9 com Tainá Muller
Foto: Divulgação – Rede Globo

E qual é a sua orientação sexual?
A orientação sexual geralmente nasce com a pessoa. Eu nasci hétero e nunca tive nenhum conflito quanto à minha sexualidade. Estudos apontam que o conflito vem perto do período da puberdade, mas, em alguns casos, vem mais tarde, como o do Eduardo. Quando conheci esse personagem, fiquei fascinado e descobri o quanto eu ia crescer como ator e ser humano ao interpretá-lo. Portanto, não foi nenhum problema. Muito pelo contrário, encarei como um grande desafio.

Você tem namorada?
Tenho. Chama-se Melina.

Como ela tem lidado com seu atual personagem?
Minha namorada é minha grande parceira. Ela lida com isso da melhor forma possível.

Aliás, o assédio masculino aumentou, ou surgiu, caso nunca tenha sido cantado por um homem?
Quando se está fazendo um bom personagem em uma novela das 9, o assédio aumenta muito. E ele vem de todos os públicos, tanto hétero como homossexual. Geralmente as pessoas sabem separar ator/personagem. Nas ruas, os homens são sempre discretos e separam bem, o assédio mais “claro” vem do público feminino. Já via internet, pelo meu Twitter, o assédio do público gay cresceu bastante. Faz parte… Lido da melhor forma, porque é o resultado de um trabalho que, felizmente, está dando certo.

Nos últimos anos, tem se falado muito de beijo gay nas novelas. Recentemente, Amor & Revolução, do SBT, exibiu um beijo entre duas mulheres. o que você acha sobre o tema, é realmente necessário?
Sim, acho necessário, o beijo é um símbolo poderoso de afeto. Se tem beijo hétero, por que não gay? Se depender de mim, rola!

Que final você daria ao Eduardo?
Eduardo é um personagem tão bonito, que está me dando tanta alegria… A única coisa que posso querer é que ele tenha um final muito feliz, seja qual for! Não gosto de pensar no final, porque me bate uma deprê.

Continua após a publicidade

Publicidade