Príncipe Harry conta o que o ajudou a superar a dor de perder a mãe, Diana

O príncipe consolou um garoto de 12 anos cujo pai morreu e disse a ele que passou por algo semelhante

Em visita à instituição de caridade Empire Fighting Chance, em Bristol, Inglaterra, na última sexta-feira (1), o príncipe Harry confortou um garoto de 12 anos que se emocionou ao falar da morte do pai, diz a revista People.

Harry, que perdeu a mãe Diana quando tinha 12 anos, viu que Iestyn Jones estava abatido e então pediu às pessoas que deixassem eles a sós para que pudessem conversar. “A mesma coisa aconteceu comigo”, teria dito Harry, que contou ao garoto como lidou com a dor da perda.

O príncipe falou ainda sobre como o boxe o ajudou a lidar com a dor. Assim como Harry, Iestyn encontrou ajuda através do esporte. Hoje o garoto pratica boxe na entidade que Harry e Meghan foram visitar.

“Fiquei um pouco emocionado porque ele sabia algumas coisas sobre mim e a mesma coisa que aconteceu com ele, aconteceu comigo. Nós conversamos por 10 minutos”, contou Iestyn a repórteres britânicos.

“Quando tivemos uma foto de grupo no final, ele [Harry] se certificou de que eu estivesse ao lado dele. Eles eram pessoas adoráveis. Eu não esperava que eles fossem assim. Eles são incríveis”, conclui o garoto.

Leia mais: Meghan Markle diminui agenda na reta final da gravidez