Passione: Valentina na mira da polícia

Os policiais querem saber se Donato já se aproximou de Kelly

Passione: Valentina na mira da polícia

Valentina diz para os policiais que Donato nunca encostou em sua neta
Foto: Divulgação – Rede Globo

Bem no momento em que negocia o preço de um programa para Kelly (Carol Macedo), Valentina (Daisy Lúcidi) é surpreendida com uma bomba: Donato (Alonso Gonçalves) é preso, sob acusação de pedofilia. 

Quem conta a novidade é Candê (Vera Holtz), que lhe mostra a notícia no jornal. 

Para piorar, a polícia baixa na pensão da cafetina para interrogá-la. Ela diz que mal conhecia Donato e que o safado nunca se aproximou de sua neta. Eta mentira!

Saiba mais:

A advogada Márcia Alexandra Velasco Soto explicou à revista ANAMARIA a diferença entre pedofilia e prostituição infantil.

Em Passione, são exibidas cenas de uma vó que obriga a neta a se prostituir. Isso é pedofilia?

Não. O crime que ela comete está no art. 244 A do Estatuto da Criança e do Adolescente. A lei diz: pratica o crime quem explorar ou submeter menor à prostituição. A punição é prisão de quatro a 10 anos, e multa. Esse crime não se confunde com a pedofilia, que é a atração sexual de adultos ou adolescentes por crianças e é tida como uma doença (um distúrbio psicológico). 

Na nossa lei, não há o crime de pedofilia. A lei considera crime as consequências dos atos do pedófilo, como a pornografia infantil (que é produzir, divulgar ou vender imagens pornográficas envolvendo crianças; e a pena é de quatro a oito anos de prisão) e o estupro de vulnerável (que é constranger criança ou adolescente à conjunção carnal mediante violência ou ameaça grave; e a pena é de oito a 15 anos de prisão). Em quaisquer desses casos, denuncie.

Márcia Alexandra Velasco Soto é advogada e consultora, especialista em direito do consumidor, direito empresarial e processo civil