Padre Fábio de Melo critica doação de Vale a vítimas de Brumadinho

"Estão fazendo parecer ser caridade o que é uma obrigação", declarou ele

Após a rompimento da barragem em Brumadinho, a mineradora Vale do Rio Doce anunciou nesta segunda-feira (28) que irá doar R$ 100 mil reais para cada vítima do acidente.

Leia também: “Estava em Inhotim quando a barragem rompeu”: médico relata o que viu

Luisa Mell chega a Brumadinho para ajudar no resgate de animais

A notícia não alegrou a todos. Segundo o Padre Fábio de Melo, a atitude da empresa não justifica o erro da mineradora. “Doar? Um bandido entra na sua casa, rouba tudo o que você tem, mata pessoas da sua família, destrói o seu espaço emocional, memórias, depois ele volta e diz que vai deixar um dinheirinho para você recomeçar a vida. Que bandido caridoso”, escreveu o Padre em seu perfil oficial no Twitter.

O sacerdote ainda disse que o gesto da Vale não pode ser considerada uma doação. “Estão fazendo parecer ser caridade o que é uma obrigação. As famílias da Mariana ainda não foram indenizadas até hoje. Temo que o mesmo aconteça com a nova situação”, afirmou em resposta aos comentários em sua rede social.

Leia suas declarações feitas pelo padre:

 (Reprodução |@pefabiodemelo/Twitter)

 

Siga CLAUDIA no Instagram