CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Pabllo Vittar estreia na Sapucaí e se emociona com a Beija-flor

Cantora representou as minorias e o apelo por respeito às diferenças no desfile da Beija-flor

Por carolgregnanin Atualizado em 17 jan 2020, 08h52 - Publicado em 13 fev 2018, 11h44
AgNews/AgNews

O Carnaval está chegando ao fim e os desfiles das escolas de samba de São Paulo e Rio de Janeiro não poderiam terminar com um melhor personagem do que Pabllo Vittar. A cantora fez sua estreia na Sapucaí com a Beija-flor de Nilópolis, que encerrou a segunda noite de desfiles no Rio.

Leia Mais: Pabllo Vittar zerou o Carnaval com fantasia de Mia Colucci

Ela era destaque do último carro da escola, que exaltava a diversidade e fazia um apelo por mais amor e tolerância. O enredo da escola, inclusive, era “Monstro É Aquele Que Não Sabe Amar (Os Filhos Abandonados da Pátria Que Os Pariu)”.

Usando um maiô que misturava transparência e muito brilho, Pabllo representou o público LGBTQ com a colorida bandeira do movimento.

AgNews/AgNews
Continua após a publicidade

Logo após o desfile, Pabllo foi convidada a visitar o estúdio da Globo na Sapucaí e foi questionada por Fátima Bernardes sobre o que sentiu na avenida. “Fiquei muito emocionada porque lembrei de tudo que passei quando era mais novo”, disse ela.

A repercussão da estreia de Pabllo não poderia ser diferente. A internet elogiou a representatividade da cantora e o desfile da Beija-flor como um todo.

AgNews/AgNews

Continua após a publicidade

Publicidade