Oscar 2017: significado dos pins de protesto usados por artistas

Famosos aproveitaram a atenção mundial para se posicionar a favor de causas que podem ser afetadas pelo governo Trump

Não foram poucas as manifestações políticas das celebridades de Hollywood em relação a situação atual dos Estados Unidos durante o Oscar 2017. A 89ª edição do Oscar aconteceu no último domingo (26), em Los Angeles, nos Estados Unidos e contou, por exemplo, com uma declaração do ator mexicano Gael García Bernal contra o muro de Trump.

A cerimônia mais importante do cinema mundial também teve outras formas de protestos. Entre elas, estava o uso de pins por atores e atrizes que defendem causas que podem ser afetadas pelas novas políticas do governo de Donald Trump.

Leia mais: Por que Brie Larson se recusou a aplaudir Casey Affleck no Oscar?

A vencedora do Oscar de Melhor Atriz, Emma Stone, carregou em seu vestido um pequeno bottom que representa sua solidariedade a Planned Parenthood – uma organização sem fins lucrativos que visa a educação sexual e reprodutiva a população a fim fornecer informações corretas aos cidadãos e ajudá-los a fortalecer suas decisões e ter liberdade de escolha.

89th Annual Academy Awards - Press Room

 (Jason LaVeris/)

Quem também mostrou seu apoio à instituição durante a cerimônia foi a atriz Dakota Johnson, que fixou o broche em sua carteira Gucci.

Leia mais: Entenda a confusão que aconteceu no Oscar 2017

Além da Planned Parenthood, outra iniciativa que também recebeu apoio de famosos no Oscar foi a American Civil Liberties Union (ACLU) – simbolizada pelo uso de uma fitinha azul clara nas roupas de atores e cineastas.

Fundada após a I Guerra Mundial, a organização luta pela defesa e preservação dos direitos civis estabelecidos pela Constituição e pelas leis dos EUA e que eles sejam garantidos a todos os cidadãos norte-americanos.

Celebridades como a atriz irlandesa-etíope Ruth Negga, o ator e rapper porto-riquenho Lin-Manuel Miranda, a modelo Karlie Kloss, a atriz norte-americana Busy Philipps e a própria Emma Stone – que usou a fitinha na festa pós-Oscar da Vanity Fair – demonstraram sua solidariedade à causa defendida pela ACLU.

oscars-pin Karlie Kloss e Ruth Negga

Karlie Kloss e Ruth Negga (/)

oscars-pins Lin-Manuel Miranda e Busy Philipps

Lin-Manuel Miranda e Busy Philipps (/)