Clique e assine com até 75% de desconto

O que? Mulheres passam roupa em disputa para conseguir namorado no SBT

SBT exibe em 2019 uma cena que mais parecia dos anos 1950.

Por Fábio Garcia Atualizado em 15 jan 2020, 09h31 - Publicado em 23 set 2019, 15h14

Quem assistiu ao ‘Domingo Legal‘ no SBT nesse último domingo (22) com certeza se sentiu como se tivesse viajado para algumas décadas no passado. Não, o programa de Celso Portiolli não exibiu alguma atração nostálgica e nem contou com a participação de algum artista querido por todas as gerações, e sim porque o quadro de namoro ‘Xaveco’ realizou uma prova na qual mulheres precisavam passar roupa com o intuito de conquistar um namorado.

Para quem não conhece, o Xaveco consiste em um participante do sexo masculino isolado no centro do palco, sem qualquer contato com outras pessoas, enquanto Celso Portiolli promove uma competição entre dezenas de mulheres na busca por alguém amorosamente compatível com o escolhido. Conforme a seleção vai afunilando, novas provas de afinidades vão surgindo.

Quadro Xaveco do Domingo Legal
SBT/Reprodução

No programa exibido no último domingo, em que as mulheres disputavam a atenção do rapaz Guilherme Marinho, Celso Portiolli levou a mãe do rapaz ao palco para interrogar algumas das candidatas a nora. Em um determinado momento, o apresentador perguntou se a mãe era responsável por lavar as cuecas do filho, e ela confirmou. Visivelmente constrangido, Guilherme até tentou explicar que lavava suas próprias cuecas, mas aí o assunto foi totalmente para essa área de limpeza com uma prova para lá de absurda: passar roupa!

Como se passar roupa fosse uma obrigação de uma namorada, as duas participantes do quadro precisaram usar o ferro para deixar uma camisa masculina passadinha em um curto período de tempo. Após o término, Celso Portiolli ainda passou julgando o trabalho feito e “brincou” que uma das participantes nunca deve ter passado roupa na vida. Essa, logicamente segundo a proposta da tarefa, foi eliminada nesta etapa.

A “brincadeira” do Xaveco que insinuou uma obrigação feminina de fazer tarefas de casa revoltou as pessoas nas redes sociais, e com razão:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

https://twitter.com/otonstar/status/1175806295515045889

Continua após a publicidade

Não é preciso nem explicar o absurdo dessa prova realizada pelo ‘Domingo Legal’. Considerar trabalho doméstico, como lavar e passar roupas, um trabalho feminino a ser realizado pela mãe ou pela namorada de um homem é um pensamento compatível com o começo do século passado. Essa ideia ficou lá no passado!

Estamos em 2019 e, até graças a uma maior igualdade entre os gêneros, espera-se que as tarefas sejam divididas de forma igual, e não jogando toda a manutenção da casa nas costas das mulheres (que normalmente já têm uma jornada de trabalho para ajudar nas contas). E nem vamos levar em conta o fato de que é um micão um homem ir em rede nacional procurar namorada e aceitar uma brincadeira na qual escolhe a mais apta de acordo com o desempenho em uma tarefa de limpeza. Nessa o SBT mandou muito mal.

Continua após a publicidade
Publicidade