Nova temporada de Amor&Sexo estreia com debate sobre feminismo

O programa encabeçado por Fernanda Lima voltou com tudo em 2017, abordando temas nada óbvios com convidados importantes.

Pode-se dizer que o primeiro programa “Amor & Sexo” de 2017 foi um sucesso. Teve “choquinhos” para quando os homens falavam coisas machistas, teve ~arrancamento~ de rótulos em prol de uma vida sexual saudável, teve sutiãs jogados fora, teve vagina falante…

 (Reprodução/)

Fernanda Lima recebeu Gaby Amarantos, Karol Conka, Elza Soares, Djamila Ribeiro e Antonia Pellegrino. O programa começa com uma performance maravilhosa de Piranha“, música de Alípio Martins – e, logo em seguida, junto às dançarinas e Karol e Gaby, a apresentadora queima sutiãs e preconceitos. “Eu não preciso usar tamanho 36”, diz uma das participantes.

Aqui a gente acredita na igualdade entre homens e mulheres. Para quem ainda não sabe, isso é o feminismo. Simples assim“, defende Fernanda, logo depois.

O programa procurou desconstruir muita coisa e abordar temas que, segundo a própria Fernanda, é importantíssimo que sejam debatidos nos dias de hoje.

“As mulheres que gostam de sexo, que consideram sexo uma coisa normal, boa, desejável, ameaçam – e por isso são descriminadas”, comenta Regina Navarro Lins, psicanalista e uma das “juradas” fixas do programa. Ao lado de Otaviano Costa, Mariana Santos, Dudu Betholini e José Loretto, ela compõe o quadro também ao lado de Eduardo Sterblitch, novo participante.

Vale a pena assistir ao programa na íntegra. As discussões são, sim, importantes – mas não deixam de lado em nenhum momento a diversão. Olha como o público reagiu no Twitter:

https://twitter.com/_RuizGaby/status/824835035069038595

https://twitter.com/carolfunny1/status/824798757485215748