Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Morre aos 81 anos o lendário fotógrafo Terry O’Neill

O'Neill imortalizou imagens dos Beatles, Rolling Stones e muitos artistas com suas fotos

Por Ana Claudia Paixão - Atualizado em 17 fev 2020, 11h33 - Publicado em 18 nov 2019, 12h36

Algumas das imagens icônicas dos anos 60 foram criadas pelas lentes e visão de Terry O’Neill. Considerado um dos maiores fotógrafos de celebridades e moda de todos os tempos, ele faleceu sábado (16), em casa, Londres, aos 81 anos. O’Neill foi diagnosticado com câncer de próstata há alguns anos e morreu por consequência da doença.

Famoso como o artista que eternizou a swinggin London dos anos 60, ele clicou algumas celebridades mais famosas de todos os tempos, fossem artistas, políticos, músicos ou modelos. Há poucos anos declarou que não havia ninguém mais interessante para fotografar, elegendo Amy Winehouse como a última das artistas que considerava interessante.

Terry O’Neill tinha 20 anos quando fotografou os Beatles. A banda também ainda era desconhecida quando posou do lado de fora do Abbey Road Studios Reprodução/Twitter

O trabalho de O’Neill já foi tema de exposições em vários museus mundo afora. Aos 20 anos fez uma das fotos mais famosas (dos então ainda desconhecidos) The Beatles. “Me chamaram para ir até o Abbey Road Studios e fazer alguns retratos de uma banda nova. Eu nunca tinha trabalhado com um grupo, mas como eu era músico também e o mais jovem de toda equipe, eu fui o escolhido”, ele contou. “Eu levei os quatro para fora para ter uma luz melhor. A foto saiu em um jornal que esgotou as vendas. Aquela banda virou a maior banda do mundo: The Beatles”.

Elton John era um dos grandes amigos de O’Neill.   Reprodução/Twitter

Elton John, Rolling Stones e David Bowie também foram registrados por ele.  Ele foi casado com a atriz Faye Dunaway e a foto The Morning After, feita após ela vencer o Oscar de Melhor Atriz, está no The Portrait Gallery em Londres.

Continua após a publicidade
O’Neill era casado com Dunaway quando fez a foto batizada como Morning After, exposta no The Portrait Gallery, em Londres Reprodução/Twitter

A única vez que ficou nervoso para fazer uma foto foi da Rainha Elizabeth II “Eu pesquisei algumas piadas sobre corrida de cavalos para quebrar o gelo e graças a Deus ela riu”, ele contou.

Terry O’Neill confessou que a única vez que ficou nervoso foi quando fez o retrato da Rainha Elizabeth II  Reprodução/Twitter

Artistas do mundo inteiro lamentaram a morte de O’Neill. A atriz Barbra Streisand foi às redes sociais, postando um retrato dela feito por ele e se despediu: “Você tirou tantas fotos maravilhosas. Descanse em Paz”, escreveu.

Reprodução/Twitter

Leia também: Influencer plus size recria looks de Meghan e é alvo de gordofobia

+ Kate Middleton é vista usando transporte público para evento

PODCAST – Por que não sinto vontade de transar?

Publicidade