CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Mistério marca o início de A Favorita

De quem é a culpa? Essa é a pergunta que permanecerá na próxima trama das 9 da Globo

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 13h01 - Publicado em 26 out 2008, 21h00

Público se divide sobre o verdadeiro 
assassino do marido de Donatela
Foto: Zé Paulo Cardeal / Rede Globo

Um drama que parte de uma premissa policial.” Assim o novelista João Emanuel Carneiro define sua próxima trama, A Favorita, que estréia dia 2 de junho, substituindo Duas Caras. E o autor não está exagerando. O público irá acompanhar a trajetória de Flora (Patrícia Pillar) e Donatela (Claudia Raia), que, no passado, formavam uma dupla sertaneja. A parceria, no entanto, foi desfeita por causa de um crime: o assassinato do marido milionário de Donatela.

Flora é condenada a 18 anos de prisão pelo homicídio e, ao ser libertada, jura que provará a sua inocência. Pior: decide provar que quem cometeu o crime foi Donatela. E Flora passa a viver para isso, apesar de a antiga parceira ter criado Lara (Mariana Ximenes), sua filha com o falecido. Afinal, quem está dizendo a verdade? Qual das duas é a assassina? Lara – e o público, claro – terá de conviver com a dúvida.

Como confusão pouca é bobagem, Flora e Donatela não brigam apenas pelo amor de Lara. Elas também disputarão Zé Bob (Carmo Dalla Vecchia), um jornalista mulherengo. E como toda novela precisa de um vilão… A ex-dupla sertaneja deverá ser muito infernizada pelo vilão Dodi (Murilo Benício), atual marido de Donatela.

Participam ainda do elenco de A Favorita: Taís Araújo, Tarcísio Meira, Glória Menezes, Deborah Secco, Lília Cabral, Juliana Paes, Cauã Reymond, Milton Gonçalves, Mauro Mendonça, Ary Fontoura, Christine Fernandes, Helena Ranaldi, Malvino Salvador, Thiago Rodrigues, Susana Faini, Emanuelle Araújo, Chico Diaz, José Mayer, Angela Vieira, Cláudia Ohana, Selma Egrei, Jackson Antunes e Iran Malfitano. Todos sob a direção de Ricardo Waddington.

Continua após a publicidade

Publicidade