CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Miriam Freeland: uma atriz no universo do jornalismo

A estrela mergulha de cabeça no mundo da audaciosa Lígia, de Poder Paralelo

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 07h41 - Publicado em 22 jun 2009, 21h00

Miriam Freeland está no ar na novela
Poder Paralelo
Foto: Munir Chatack

Há algum tempo, a experiência de entrevistar Miriam Freeland, com certeza, seria diferente. Mas hoje, graças ao papel da jornalista investigativa Lígia, que ela interpreta em Poder Paralelo, a atriz desenvolveu um olhar mais apurado em relação à profissão. “É preciso ter sensibilidade para não cair no lugar-comum. Muitas vezes, o repórter pergunta: ‘Como você começou?’ E eu penso: ‘Poxa! Respondo isso há 15 anos’. A conversa tem que se tornar interessante para os dois lados”, avalia.

Apaixonada por sua personagem na trama de Lauro César Muniz, Miriam presta atenção redobrada às perguntas e entonações, como se cada entrevista fosse um laboratório. E, durante sua composição, foi além: munida de bloco, caneta e gravador, encarou um dia como repórter na revista CONTIGO!, da Editora Abril. “Foi interessante! Nós (atores) lidamos com a imprensa de uma maneira muito ingênua e, de repente, você está do outro lado”, diz ela, que fez reunião de pauta, foi para a rua atrás de entrevista e até aprendeu noções de fotografia.

Na trama, além de dar conta das reportagens para a revista Graphos, ela se apaixona por seu entrevistado, o mafioso Tony (Gabriel Braga Nunes). “Esse é o embate ético que vou levar para a novela”, avisa a bela de 30 anos.

Continua após a publicidade

Publicidade