Mãe aos 50 anos: Janet Jackson dá à luz seu primeiro filho

Com os cuidados certos, mulheres acima dos 30 anos podem realizar, sim, o sonho de ser mãe. Especialistas explicam sobre o assunto.

A cantora Janet Jackson, 50 anos, deu à luz a seu primeiro filho na madrugada de terça-feira (03). O empresário de seu marido Wissan Al Mana contou à revista People que Janet e Wissan estão emocionados com a chegada do pequeno, que recebeu o nome de Eissa Al Mana.

Em maio de 2016 Janet anunciou sua gravidez em um vídeo no Twitter. “Meu marido e eu estamos planejando nossa família”, disse.

A gravidez foi muito comemorada já que, a partir dos 30 anos, a taxa de fertilidade feminina começa a cair lentamente. Segundo o Dr. Carlos Alberto Petta, Coordenador do Núcleo de Reprodução Humana do Hospital Sírio-Libanês, isso tem a ver com a qualidade e a quantidade dos óvulos. “A menopausa, que se aproxima nesta faixa etária, nada mais é do que uma consequência do fim da reserva ovariana, pois, com o passar dos anos, essa reserva sofre quedas tanto em quantidade quanto em qualidade – uma vez que esses óvulos também envelhecem”, disse.

Leia também: Gravidez tardia e fertilidade: especialista responde dúvidas 

Ainda que a mulher com 35 anos tenha mais dificuldade na fertilização, pela queda na qualidade dos óvulos, são aquelas que engravidam só a partir dos 40 que passam a integrar o grupo de riscos gestacionais. Se levássemos em conta apenas o que o nosso corpo diz, as gestações deveriam acontecer entre 20 e 30 anos, quando ele está mais bem preparado para gerar um bebê. “Antes dos 20 anos, alguns órgãos e os ossos da pelve podem não estar totalmente desenvolvidos. Já depois dos 30, a fertilidade diminui progressivamente e surgem as doenças clínicas que podem complicar a gravidez”, diz Daniel Rolnik, diretor da divisão clínica de obstetrícia do Hospital da Clínicas.

Leia mais: Cuidados com a gestação tardia 

Entre essas doenças, os grandes vilões são a diabetes e a hipertensão, muitas vezes causadas pelo sobrepeso da mãe e pelo histórico de saúde dela. Os especialistas recomendam que a prática moderada de exercícios e controle da alimentação ajudam no controle do peso e diminuem os riscos do surgimento de tais doenças.

Independentemente da idade, a gestação planejada deve ter como aliada a boa saúde da mulher. Manter-se em dia com os exames de rotina e não se deixar levar pelo stress do trabalho é fundamental para que mãe e bebê aproveitem a gestação da melhor forma possível.

O ginecologista e obstetra Renato Gil Nisenbaum, de São Paulo, lembra que muitas mulheres com mais idade usam de sua maturidade para manter bons hábitos e boa saúde mental. “Essas poderão ter uma gravidez maravilhosa.”

Janet Jackson é a prova de que, com os cuidados certos, as mulheres mais velhas podem, sim, realizar o sonho de ser mãe.