CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 14,90/MÊS

Luan Santana: o cantor do sucesso “Meteoro”!

Aos 19 anos, ele é o caçula dos ídolos sertanejos. Nesta entrevista exclusiva, Luan Santana conta como uma fã deve atraí-lo

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 03h28 - Publicado em 21 mar 2010, 21h00

“Não gosto que a mulher venha me 
abordar, prefiro eu partir para cima dela”
Foto: Divulgação

 

Ficha técnica:

Nome Luan Rafael Domingos Santana
Nascimento 13 de março de 1991, em Campo Grande (MS)
Signo Peixes
Altura 1,82 m
Peso 75 kg
Qualidade Humildade
Defeito Sou desligado
Sonho Cantar no exterior
Ídolos Zezé Di Camargo e Luciano
Um lugar Minha casa em Campo Grande
Primeiro beijo Faz tempo!
Sexo Bom demais!

Aos 14 anos, você quebrou seu primeiro CD por considerá-lo ruim. No entanto, uma cópia caiu na internet e fez sucesso. Por que acha que sua música agradou?
Um amigo, o Salsicha, ficou com uma cópia do CD que quebrei e jogou na internet. Acho que minhas músicas agradam ao público porque falo exatamente o que a galera quer ouvir ou falar.

Como surgiu o apelido Gurizinho de Jaraguari?
O Salsicha colocou minha música na internet, mas não pôs o meu nome. E em Campo Grande (minha cidade), chamamos todo menino pequeno de gurizinho. Como eu era muito pequeno e as pessoas em Jaraguari (MS) não sabiam quem era o cantor da música, pediam nas rádios a canção do gurizinho que tocava na internet. Depois, descobriram quem eu era e começaram a pedir a música do Luan Santana.

É verdade que o seu pai trocou o seu primeiro show apenas pela gasolina para ir até o local e a cerveja para tomar lá?
Sim, é verdade! Ele não tinha idéia do que já estava rolando com a minha música nas cidades próximas a Campo Grande e no interior de Goiás.

Quando recebeu seu primeiro cachê, quanto foi e o que fez com o dinheiro?
No começo da carreira, ganhei R$ 50 por um show que fiz em Bela Vista (MS). Não dava nem para comprar um tênis.

De onde vem sua inspiração para compor?
Do meu dia a dia, das coisas que vivi ou que amigos viveram. Por exemplo, a ideia para compor a música Chocolate surgiu depois que ganhei uma carta de uma fã com as embalagens de vários chocolates coladas.

Por que não gostava da sua voz no início da carreira?
Assim como eu, todo cantor acha a voz estranha. Até hoje acho a minha estranha, mas o importante é que o público gosta!

Continua após a publicidade

Já cruzou com pessoas que não acreditavam no seu trabalho e fecharam as portas para você?
Uma vez, fiz um show em um lugar que só tocava funk. Aí, as pessoas me vaiaram… No início de carreira, existe muita gente que fecha as portas, mas é fundamental não desistir jamais e ir atrás dos seus sonhos. Só quem sonha consegue alcançar.

Até chegar ao sucesso, pensou em desistir em algum momento?
Sim, uma vez pensei em desistir. Em 2007, quando fiz um show em Maringá (PR) para 25 pessoas.

Você participou de Malhação interpretando a si mesmo. Já pensou em viver um personagem fictício na TV?
Curti participar! Sempre assisti Malhação e acho que todo mundo da minha idade quer viver o que rola lá. O convite partiu do Rogério Vaz, diretor artístico da Rede Globo. Fiquei supernervoso, pois não sou ator. No entanto, como interpretei eu mesmo, foi tranquilo. Agora, sou amigo de toda galera, mas vou continuar cantando. Afinal essa é a minha praia.

Trabalhando tanto, como conseguiu estudar?
Tive que parar por conta dos shows, mas terminei o ensino médio. Ainda não deu pra fazer faculdade

Em 2009, você realizou uma média de 25 shows por mês. Como fez para paquerar?
Para paquerar arrumo tempo (risos). Já namorei por um ano e pouco, mas essa relação já acabou há uns dois anos.

Você é romântico?
Me considero romântico. Já até mandei flores e fiz uma música para uma namorada. Não gosto que a mulher venha me abordar, prefiro eu partir para cima dela.

O que desperta o seu ciúme?
Fico doido se ela falar com ex-namorados ou ir para balada sozinha e me contar só depois.

O que o faz se encantar com uma fã a ponto de querer ficar com ela?
A garota precisa ter muito charme, beleza, simpatia. E, claro, essa fã tem mesmo é que me cativar.

Para fazer sexo, você precisa estar apaixonado ou já rolou apenas por atração?
Quem já não fez sexo apenas por atração? Nem acho que exista um lugar certo para fazer também. Se rolar paixão e amor, que importa o lugar?

 

Continua após a publicidade

Publicidade