Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Letícia Spiller: “Tive um período de inquietação lá pelos 30”

A atriz engrossa o coro das mulheres que garantem: os 40 anos são a melhor fase da vida. E não é só papo, não! Nas atitudes e na aparência, Letícia prova que o passar do tempo, de fato, só lhe fez bem

Por Redação M de Mulher Atualizado em 15 jan 2020, 01h52 - Publicado em 8 set 2014, 21h00

“Eu era ansiosa e impulsiva. Hoje tenho mais jogo de cintura”
Foto: Marcelo Faustini

Mais bonita, mais serena, mais realizada. Aos 41 anos, Letícia Spiller é um exemplo de mulher que conseguiu firmar uma relação amistosa (e produtiva!) com o tempo. A tal crise dos 40? Não encontrou espaço, nem como figurante, no momento fértil – palavra escolhida pela atriz – que ela vive.

“Tive um período de inquietação lá pelos 30 anos, de não saber direito qual caminho seguir. Eu era ansiosa e impulsiva. Hoje tenho mais jogo de cintura. Acho que, conforme amadurece, a gente nutre o físico e a mente de coisas melhores e o resultado fica visível”, afirma. E basta acompanhar a novela global Boogie Oogie para atestar o que Letícia diz: ela está radiante, com o corpo enxuto, atuando de maneira segura e, mais importante, com brilho no olhar típico de quem sabe que ainda há muito o que conquistar.

Letícia Spiller: "Tive um período de inquietação lá pelos 30"

Letícia e Xuxa, quando a atriz era paquita
Foto: Reprodução/Instagram

Supercarreira

Do Xou da Xuxa (1989) até chegar à Gilda, a sua atual personagem, Letícia percorreu uma longa estrada: fez o maior sucesso em Quatro por Quatro (1994) e participou de novelas como O Rei do Gado (1996) e Joia Rara (2013), sem falar nos filmes e peças que estrelou.

Apesar da carreira consolidada, está sempre buscando trabalhos instigantes. “A Gilda, por exemplo, me desafia por ter uma vida muito diferente da minha. Ela mantém um caso com o chefe casado. Não me imagino nessa situação”, comenta. A vontade de explorar novos horizontes a conduziu para a produção cinematográfica, com ziu o curta Joãozinho de Carne e Osso (2012), no qual o filho Pedro (fruto do casamento com o ator Marcello Novaes), 17 anos, é o protagonista. Em novembro, lança O Casamento de Gorete, longa em que atua como atriz. “Produzir filmes no Brasil é difícil, mas compensa. O que também me atrai no cinema é a criação coletiva”, diz.

Continua após a publicidade
Letícia Spiller: "Tive um período de inquietação lá pelos 30"

Letícia e os filhos Pedro e Stella
Foto: AgNews

Superfamília
O desafio predileto de Letícia: ser mãe. Enquanto Pedro se prepara para entrar na fase adulta, Stella, filha do casamento com o diretor de fotografia Lucas Loureiro, tem só 3 aninhos. “Sou a caçula de cinco irmãos, então também vivi essa diferença de idade dos meus filhos. O bacana é que o Pedro me ajuda, é o padrinho de Stella”, diz.

Os 14 anos entre as gestações fizeram com que muitas situações que ela vive com a caçula ganhem ares de novidade. “Tem coisas que tiro de letra, outras estou reaprendendo. E, no final, cada filho é diferente, né? O Pedro era prático e corajoso. A Stella é sensível, toda menininha”, fala. O melhor de ser mãe? “É descobrir este amor gigante, que não impõe condições, que existe simplesmente pelo que o outro é. E receber esse amor de volta.” E a parte mais difícil? “Impor limites, educar, passar valores. Um filho que não sabe até onde pode ir não consegue lidar com as frustrações”, pondera.

Na vida amorosa, a atriz encara uma turbulência. Em junho, a imprensa noticiou a separação de Lucas e Letícia após cinco anos de relacionamento. Apesar de não dar detalhes, a loira deixa claro que ainda é apaixonada pelo diretor e não descarta uma reconciliação. “A nossa história não terminou, temos muito o que viver e construir juntos. Estamos numa fase de redesenhar a relação. Somos grandes parceiros”, confidenciou.

Confira o Making Off de Letícia para a Máxima!

Superbonita
Apesar de vaidosa, Letícia não tem neuras nem regras nos cuidados com o corpo. “Não sou radical. Tem dia que não dá para malhar, para comer direitinho, e tudo bem, sabe? Sem sofrimento”, garante. Ela procura levar uma vida ativa e saudável, com aulas de musculação e dança de duas a três vezes por semana, e mantém uma dieta equilibrada.

“Só evito o excesso de lactose, de açúcar e de farinha branca. Priorizo alimentos integrais e frescos, mas sou louca por chocolate”, confessa. Para ela, a hidratação diária e a proteção solar são as grandes aliadas da beleza da pele. “Não abro mão do protetor nem para trabalhar.” O cabelo, sempre lindo e loiro, também recebe cuidados da própria atriz, em casa. “Gosto de fazer eu mesma as hidratações. Escolho os produtos e me viro para ganhar tempo”, entrega.

Continua após a publicidade
Publicidade