CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

#FreeBritney: Britney Spears pede afastamento de seu pai da tutela

Jaime Spears controla a vida e negócios de Britney desde 2008

Por Da Redação Atualizado em 16 set 2020, 14h56 - Publicado em 19 ago 2020, 14h00

Depois da hashtag #FreeBritney viralizar nas redes sociais, novos episódios dessa história vieram à tona. Por meio de uma ação judicial, a cantora Britney Spears pediu que seu pai, Jamie Spears deixe de ser seu único tutor.

Segundo o New York Times, no documento em questão a cantora afirma ser “fortemente contra” a recolocação de seu pai como seu tutor e pede que o acordo de tutela seja modificado “substancialmente para refletir as grandes mudanças de seu atual estilo de vida e seus desejos”.

Além disso, a princesa do pop deseja que na nova atualização do acordo, ela possa dar um fim com a tutela quando bem entender, e deseja que Jodi Montgomery, sua empresária, continue no papel de tutora como acontece há quase um ano.

A tutela é um status para pessoas que são incapazes de tomar decisões por si mesmas. No no ano de 2007, Britney vivia um momento conturbado na carreira e também na vida pessoal. Naquele ano, a cantora raspou o cabelo para não ser pega em um teste com os fios do cabelo exigido pela a Justiça, com o intuito de identificar substância ilegais em seu organismo.

Diante de todos os escândalos e situações flagradas pela mídia, desde 2008, seu pai ganhou o direito de ser seu tutor. Porém, no ano passado, quando se afastou por problemas de saúde, a tutela foi passada para Jody Montgomery, que já estava como “cuidadora”, da cantora. O diagnóstico oficial que deu base judicial para a tutela nunca foi divulgado, gerando várias especulações entre os fãs.

Continua após a publicidade

A figura de Jaime Spears é controversa. Pai linha-dura, ele se envolveu em uma briga física com um dos netos (filhos de Britney), chegando a ter uma ordem judicial que o impede de se aproximar deles.

Britney continuou o trabalho e produções mesmo quando estava em reabilitação, mas continua vivendo sob um acordo que limita certas movimentações básicas, como por exemplo, fazer compras ou dirigir um carro sem uma autorização de seu tutor. Os fãs e vários artistas se mobilizaram através da hashtag #FreeBritney, que busca a liberdade da cantora dessa situação.

A audiência de hoje (19) pode determinar uma mudança significativa na vida da cantora. Britney não se opõe à tutela, mas quer uma pessoa de fora da família para gerenciar seus negócios e vida particular.  “As mudanças que pedimos refletem o estilo de vida atual e desejo de Britney”, dizem os advogados.

 

  • Resiliência: como se fortalecer para enfrentar os seus problemas

    Continua após a publicidade
    Publicidade