Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Fina Estampa: Tereza Cristina matou os próprios pais!

Tia Íris testemunhou o assassinato e passou a ter a sobrinha em suas mãos

Por Redação M de Mulher Atualizado em 17 jan 2020, 11h05 - Publicado em 17 out 2011, 21h00

Tereza Cristina esconde um segredo terrível
Foto: Divulgação/Rede Globo

A revista TITITI, que já acertou diversos mistérios das novelas, muitos com a ajuda de fontes nas emissoras, desta vez arrisca um palpite sobre o grande segredo de Tereza Cristina (Christiane Torloni): a vilã matou os próprios pais quando jovem. O crime teria sido presenciado por Tia Íris (Eva Wilma), que resolveu ficar calada para usufruir da fortuna herdada pela sobrinha.

Como TITITI adiantou, a megera vai cometer seu primeiro assassinato oficial já nos próximos capítulos. A vítima será o mafioso que está no Brasil para cobrar a dívida de Tia Íris. Seguindo a caloteira, o bandido a escuta contar a Alice (Thaís de Campos) o tal segredo da sobrinha. De posse da informação, o marginal invade a casa de Tereza Cristina numa noite em que ela está sozinha e a ameaça, exigindo que ela passe para a conta bancária dele metade do valor que ela tem em um banco no exterior.

Tereza Cristina em momento “Nazaré”

Num gesto desesperado, a jararaca do Nilo pega um revólver numa cômoda do quarto, mas o bandido a desarma. Na confusão, a arma dispara e acerta a parede. Tia Íris, que chega à mansão neste momento, escuta o tiro e entra correndo. Porém, ao encontrar tudo quieto na sala, vai direto para a cozinha matar a fome. No quarto, dominada pelo mafioso, Tereza Cristina concorda em descer com ele para realizar a transferência do dinheiro via computador.

E aí vem a bomba: no topo da escada, ela o empurra com violência, e ao ver o corpo sem vida no chão, comemora rendendo uma homenagem à vilã de telenovelas que cometeu crime semelhante: Nazaré Tedesco (Renata Sorrah), em Senhora do Destino, também de Aguinaldo Silva.

Continua após a publicidade

Atraída pelo barulho do corpo que rola pela escada, Tia Íris chega à sala com Alice e não demonstra a mínima surpresa ao tomar conhecimento do crime praticado pela sobrinha, como se tivesse certeza de que ela é capaz de coisa pior. E, obrigada pela megera, até a ajuda a esconder o corpo num armário da casa. Sem ter como se livrar da prova do crime, Tereza Cristina chama Ferdinand (Carlos Machado) para dar sumiço no cadáver. O marrento obedece, mas promete que cobrará caro pelo favor.

Fina Estampa: Tereza Cristina matou os próprios pais!

Por enquanto, a megera vai conseguir despistar Renê…
Foto: Divulgação/Rede Globo

 

Renê quase descobre o assassinato

Um pouco antes de Renê (Dalton Vigh) chegar do restaurante, a perua, novamente sozinha em sua residência, sofre uma alucinação. Achando que o corpo da vítima voltou para o meio de sua sala, começa a chutar o ar, tal qual uma louca. Renê vê a cena e pergunta à mulher o que está acontecendo, mas ela inventa que estava pisando em mosquitos que invadiram a casa.

Mais tarde, Renê encontra a arma fora do lugar, percebe que está faltando uma bala e que existe um buraco na parede do quarto. Questionada pelo marido, Tereza Cristina inventa que tirou o revólver do lugar e ela, acidentalmente, o disparou. O chef desconfia, mas engole a história.

Dias depois, ao ver Tia Íris fazendo uma referência aos pais da esposa, comentário que a deixa paralisada de pavor, Renê pergunta sobre o segredo que envolve o passado dela. Tereza Cristina desconversa, garantindo: não existe nada de errado e tudo não passa de fantasia da tia idosa. Renê, contudo, continua cada vez mais desconfiado de que há muito mistério no passado da esposa. É esperar para ver se a aposta de TITITI tá valendo.

Continua após a publicidade
Publicidade