Especialista analisa a linguagem corporal de Kate nas fotos com os filhos

As fotos da Duquesa logo depois de sair do hospital dizem muito sobre os sentimentos dela no momento

Príncipe George, o primogênito, já vai fazer cinco anos. De lá para cá, mais experientes como pais, Kate e William tiveram outros dois filhos. As pequenas mudanças de comportamento de Kate e Willian foram observadas por Blanca Cobb, especialista em linguagem corporal, por meio das fotos da época do nascimento dos bebês.

Para criar um perfil consistente e apontar as maiores diferenças na linguagem corporal da Duquesa, Blanca analisou, segundo o site MSN, fotos desde o nascimento do Príncipe George em 2013. Confira:

Leia mais: Louis Arthur Charles: O que significa o nome do 3º filho de Kate e William

Príncipe George, 2013:

 (Chris Jackson/Getty Images)

Logo de primeira, já dá para perceber que a forma como Kate segura seu primeiro filho é muito zelosa, com as duas mãos em volta do bebê. Essa maneira de segurar George o traz para mais perto do coração, demonstrando afeto. “Ela segura o bebê como se ele fosse a coisa mais preciosa de sua vida”, diz Blanca, “Quando você segura próximo ao seu peito e coração, o trazendo para o centro do seu corpo, você demonstra amor e proteção.”

Os dedos da Duquesa demonstram também que ela segura George com força, traços de proteção e receio que o bebê caia. Além disso, a posição dos pés de Kate também demonstram certo desconforto: “Você não encosta um pé no outro quando se sente segura, você, na verdade, os mantém distantes na direção do quadril, para criar estabilidade.” Esse certo desconforto pode ser justificado pelo fato de ela ter acabado de dar à luz.

Leia mais: Babá da Família Real: treinamento duro para cuidar dos bebês da monarquia

Foto do nascimento da Princesa Charlotte, em 2015:

 (Chris Jackson/Getty Images)

Em contraste com a foto anterior, os pés de Kate estão mais distantes, criando maior estabilidade, o que faz sentido, já que, nessa foto, ela já é mãe há dois anos. A duquesa segura Charlotte na altura da barriga, equilibrando o bebê no braço direito, ao invés de envolvê-la com os dois braços. “A pose mostra que ela está realmente mais relaxada como mãe de segunda viagem,. Ela já descobriu a melhor maneira de segurar o bebê”, segundo Cobb. “Isso não quer dizer que ela ame menos o bebê, lógico que não! Depois de dois anos como mãe, você sabe que o bebê não irá cair. Ou talvez George gostasse de ser segurado mais de perto.”

A mão esquerda de Kate está livre, apoiada por cima do bebê, e mostra a calma dela no momento, já que as juntas de seus dedos estão relaxadas. “Você abre os dedos para ocupar mais espaço quando deseja proporcionar conforto, mas o bebê está em paz nesta foto. Pode-se perceber que Kate está confiante que a Princesa Charlotte está em boas mãos”, diz Cobb.

Leia mais: Os outros membros da família real eram muito fofinhos quando bebês

Foto do nascimento do Príncipe Louis em 2018:

 (Chris Jackson / Equipa/Getty Images)

Enquanto segura seu filho recém-nascido, Kate reproduz algumas características do momento em que segurava George: “Ela está trazendo o bebê para perto de seu peito e coração, mas com um aperto mais relaxado – não está segurando tanto quanto ela fez com o Príncipe George”, afirma Blanca. A grande diferença entre as fotos é a emoção no rosto da Duquesa. Blanca analisa o sorriso de Kate: “Suas bochechas estão levantadas em um sorriso genuíno com as pálpebras fechadas um pouco – este é um momento muito feliz para ela.”

De um modo geral, Blanca considera que “Kate definitivamente parece ter se tornado mais relaxada e confortável como mãe – e aos olhos do público – ao longo de suas três últimas gravidezes”. Ela ainda acrescenta uma nota sobre o príncipe William: “Nas três fotos, ele sempre apoia Kate ficando atrás dela. Muito fofo!”.

Veja mais: “Volta de Carminha” em nova novela causa furor nas redes sociais