Entenda as 3 cirurgias feitas por Pabllo Vittar

Após passar por uma correção do desvio de septo, pela remoção de adenoide e uma rinoplastia, cantora diz estar se recuperando bem

Depois de despertar muita curiosidade nos fãs, a cantora Pabllo Vittar mostrou na segunda-feira (26) o resultado de três procedimentos na região do nariz. De acordo com sua assessoria, Pabllo passou por uma correção do desvio de septo, pela remoção de adenoide e uma rinoplastia. O motivo seriam questões de saúde (ligadas ao sistema respiratório).

Pabllo agradeceu as mensagens de carinho dos fãs em seu perfil no Instagram. “Tô me recuperando bem e louca pra voltar pros palcos! beijos meus bebês”, escreveu. Apesar de ter mostrado o resultado em seu Instagram Stories, a cantora segue de esparadrapo enquanto espera a recuperação completa.

Para entender melhor os três procedimentos, perguntamos ao cirurgião plástico David di Sessa, de São Paulo, para quê serve cada um deles:

Remoção de adenoide

“A retirada de adenoide é considerada uma cirurgia funcional, que melhora a respiração e saúde do paciente. É indicada quando essa região persiste em ficar inchada e/ou inflamada causando muita dificuldade na respiração. O procedimento é realizado com anestesia geral e é considerado rápido”.

Correção do desvio de septo

“A cirurgia de desvio de septo, também conhecida como septoplastia, é o procedimento que corrige a diferença existente entre as narinas. O septo se apresenta desviado, deixando uma narina menor que a outra. A consequência direta pode ser a dificuldade em respirar pelo nariz, apneia de sono, sinusite e até mesmo sangramentos. Assim como a remoção de adenoide, é rápida e realizada com anestesia geral”.

Rinoplastia

“A rinoplastia é a cirurgia plástica que remodela o nariz, muitas vezes diminuindo seu tamanho, mas também podendo conferir projeção à ponta, diminuir o calo (ossinho mais alto do nariz) e até mesmo diminuir as asas nasais. As incisões são feitas em locais estratégicos, como na columela (base do nariz) e na parte interna. As cicatrizes são imperceptíveis. Não é incomum associá-la aos procedimentos feitos por Pabllo, como a correção do desvio de septo e a remoção da adenoide. Muitos pacientes acabam “aproveitando” o procedimento funcional para realizar correções estéticas. O inchaço some em poucas semanas, mas o resultado final pode demorar de 6 a 8 meses. Atualmente existem técnicas que proporcionam resultados cada vez mais naturais, respeitando as particularidades de cada pessoa, melhorando a qualidade de vida e a autoestima dos pacientes”.

Como todo procedimento cirúrgico, é preciso ser feito apenas com indicação (e pelas mãos, claro) de um especialista em cirurgia plástica. “Cada caso é um caso”, completa David di Sessa.