Dia Mundial Contra a AIDS: quem se mobiliza em prol da luta

Hoje, 1º de dezembro, é celebrado o Dia Mundial da Luta Contra a AIDS

Victoria Beckham

3a7b6fc600000578-3948114-image-a-326_1479433563734

A estilista criou, pelo terceiro ano consecutivo, uma camiseta em honra ao Dia Mundial da Luta Contra a AIDS. O modelo de 2016 teve colaboração de sua filha Harper Beckham, que fez o desenho da estampa. “Pela primeira vez eu confeccionei a camiseta para adultos e uma versão mini para as crianças”, diz Victoria. Toda a renda proveniente da venda dos produtos será doada para a ONG Born Free Africa.

Victoria também já havia emprestado sua imagem para a luta em 2014, quando foi a Embaixadora Internacional da Boa Vontade da UNAIDS.

L’oréal

l'oreal divulgação

A marca, com apoio da UNESCO e do Ministério da Saúde, criou o Cabeleireiros Contra AIDS, um programa de educação preventiva que tem esses profissionais como os porta-vozes da campanha. Segundo a L’oréal, “a profissão que eles exercem tem um grande poder de proximidade. É uma ocupação de escuta, de conversa e de atenção. Além disso, o salão em si é um local de encontros, trocas e debates”.

Salões de diversas cidades do Brasil, como o Espaço Be e o Studio W, participam da campanha, onde profissionais doarão seu tempo e talento para realizar cortes de cabelo a preços acessíveis e 100% da renda será destinada a Sociedade Viva Cazuza, que cuida de crianças e adolescentes com HIV / AIDS.

l'oreal famosas

Bel Wilker, Daniel Rocha, Fernanda Keulla, Felipe Roque, Pâmela Tomé, Raphael Sander e Renata Kuerten apadrinham a ação.

Stella McCartney

stella mccartney dia da AIDS

A designer britânica tem uma forte relação com a (RED), porque ambos defendem e acreditam que devemos transformar nosso poder de consumo em uma força para ajudar os que precisam. A ONG investe 50% dos lucros das peças exclusivas em um fundo global para combate da HIV e da AIDS na África. Desde seu lançamento, em 2006, a (RED) já doou mais de 150 milhões de dólares para o fundo e mais de cinco milhões de pessoas receberam assistência no tratamento do HIV. Em 2009, a designer, em colaboração com a marca GAP, desenvolveu uma camiseta especifica para a data.

Leia também: AIDS cresce entre os jovens – é urgente tratar do assunto em casa

Príncipe Harry

principe harry dia da AIDS

“Fell No Shame” (Não Sinta Vergonha), esse é o nome da campanha que Príncipe Harry e outros famosos como Nicole Scherzinger, participam para aumentar a conscientização da AIDS. A hashtag foi criada pela ONG Sentebale, que cuida de órfãos e crianças em situações vulneráveis infectadas pelo vírus da HIV, e incentiva os portadores da doença a falarem sobre seus problemas, buscarem ajuda e não se envergonharem. A Sentebale quer mostrar por meio desta campanha que muitas vidas poderiam ser salvas se não houvesse essa vergonha e culpa em cima das vítimas da doença.

No vídeo, Harry pede para que o público compartilhe seus segredos via mídia social em troca do dele. Seu segredo: ele fica nervoso ao falar em público.

Bono Vox

bono vox dia da AIDS

Um dos cofundadores da ONG (RED), Bono Vox, vocalista da banda irlandesa U2, lançou o (SHOPATON)RED, uma maratona de compras que acontece perto do dia 1º de dezembro para impulsionar o apoio financeiro às pessoas que sofrem com a AIDS. “Essa doença chegou ao mundo há três décadas e já matou mais de 35 milhões de pessoas. O impensável é que, até hoje, bebes nascem com o vírus HIV porque as mães não tem acesso às pílulas”, diz o cantor.

Esse ano ainda, a RED inovou e deu ao publico a oportunidade de viver experiências incríveis se doarem 10 dólares à causa. Entre elas estão: assistir a um ensaio do U2, tomar um chá com Julia Roberts e Bono Vox, ter acesso ao backstage do Late Late Show com o James Corden, entre outras.

Caitlyn Jenner

caitlyn jenner dia da AIDS

A parceria de Caitlyn Jenner e da MAC rendeu mais do que belos makes, toda a renda dos batons Finally Free — que eram de edição limitada — foi revertida para o AIDSFund’s Transgender Initiative, um fundo da marca que ajuda, na medida do possível, a melhora na qualidade de vida das pessoas transgêneros. “As pessoas transgêneros tem ganhado mais visibilidade nos últimos anos, mas nem sempre esse visibilidade tem beneficiado quem realmente necessita. Com a MAC, eu encontrei um parceiro que demonstra um real comprometimento com as organizações e projetos que beneficiam essa parcela da sociedade”, diz Caitlyn Jenner.