Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Cantora Kelly Clarkson é processada pelo ex-sogro em 1,4 milhão de dólares

O processo acontece em meio ao divórcio da cantora com o marido. O pai dele tinha uma companhia que auxiliava na carreira de Clarkson

Por Da Redação Atualizado em 7 nov 2020, 19h00 - Publicado em 7 nov 2020, 20h00

O divórcio do ex-marido, Brandon Blackstock, está sendo mais difícil do que o esperado para a cantora Kelly Clarkson. O pai de Brandon, Narvel, é dono da empresa que gerenciava a carreira de Kelly há 13 anos, a Companhia Starstruck. Ele pede o valor de 1,4 milhão de dólares além dos 1,9 milhões que ela já pagou.

Segundo a empresa, o valor é referente a comissões não pagas do ano de 2020. Kelly entrou legalmente com um recurso contra o processo. Segundo a People, Kelly está alegando que a Starstruck não tinha a licença correta para atuar no ramo e mesmo assim negociava contratos. Ela pede a suspensão dos acordos, inclusive de um verbal que a empresa alega ter existido, que comprometeria 15% de todo o ganho da cantora.

Kelly também destaca que tem sua própria empresa de gestão de carreira, através da qual firmava a maioria de seus contratos – essa sim estabelecida legalmente e com todas as licenças apropriadas, de acordo com o documento.

Com o ex-marido, Kelly tem dois filhos, River Rose, 6 anos, e Remington Alexander, 4. O divórcio aconteceu em junho, em meio à pandemia. Segundo diversas declarações da cantora, para ela foi algo totalmente inesperado.

Alguns sites especializados indicam que os bens de Kelly chegariam a 45 milhões de dólares, incluindo o rendimento de suas músicas, as vendas de seus livros infantis, posses imobiliárias e apresentações de programas como The Voice, que renderiam ao menos 14 milhões de dólares por ano.

Estou com câncer de mama. E agora?

Continua após a publicidade
Publicidade