Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Bispo acusado de assédio a Ariana Grande pede desculpas sobre caso

Ao abraçar a cantora durante o velório de Aretha Franklin, Charles Ellis colocou sua mão em um dos seios da artista

Por Da Redação - 1 set 2018, 14h21

O reverendo Charles Ellis veio a público se desculpar sobre a acusação de assediar publicamente a cantora Ariana Grande.

O caso aconteceu durante o velório de Aretha Franklin. Ao abraçar Ariana, Ellis coloca sua mão em um dos seios da artista que tenta se desvencilhar do sacerdote, mas não consegue.

Em entrevista a Associated Press, Ellis negou que tenha tido pretensão de tocar os seios de Ariana e de assediar a cantora. “Nunca foi minha intenção tocar o seio de qualquer mulher… Não sei, acho que coloquei meu braço em volta dela. Talvez tenha cruzado a fronteira, talvez eu fosse muito amigável ou familiar, mas novamente, peço desculpas.”

A cena causou espanto do público e uma hashtag – #RespectAriana – chegou a ser levantada no Twitter em protesto ao ato.

Continua após a publicidade

Leia mais: Precisamos falar sobre: assédio em lugares públicos

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade