Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Avenida Brasil: Carminha tenta forjar crime, mas é sequestrada de verdade

Max e a vilã planejam o rapto, porém o bandido contratado vira o jogo, tortura Carminha e ameaça matá-la

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 14h49 - Publicado em 18 abr 2012, 21h00

Carminha acaba sendo sequestrada de verdade, e dependerá de Tufão e Max para conseguir liberdade
Foto: TV Globo/Divulgação

O feitiço vira contra o feiticeiro. Literalmente! Pressionado pelo agiota, Max (Marcello Novaes) resolve sequestrar Carminha (Adriana Esteves), pedir resgate a Tufão (Murilo Benício) e pagar sua dívida. A vilã e seu amante combinam tudo com Moreira (Rodrigo Rangel), o bandido a quem deve.

Nina (Débora Falabella) escuta o plano sórdido e decide desmascarar a ex-madrasta. No dia marcado para o rapto, ela envia um bilhete anônimo a Tufão, informando-lhe que a patroa será levada. Não dá outra. O bando de Moreira intercepta a família do jogador, finge querer Ágata (Ana Karolina) e Carminha se “oferece” para ir em seu lugar. E, claro, comemora o golpe.

A alegria de Carminha, no entanto, não dura muito. Logo, Moreira vira o jogo. Ele rompe o acordo com os parceiros, informando-lhes que o sequestro ficou sério. Pior: não dividirá o resgate, de R$ 1,2 milhão.

Carminha resolve pedir um tranquilizante. Para quê? “Cala essa boca!”, grita Moreira, antes de esbofeteá-la.  Em seguida, joga um balde de água gelado nela. Ele ainda ameaça matá-la. “Quero esse R$ 1,2 milhão só pra mim, aqui na mãozinha. Em 48 horas, Max… ou eu acabo com a raça de vocês dois”, avisa.

Com a ajuda do cúmplice, Carminha consegue fugir do cativeiro, mas… Logo é resgatada e sofre ainda mais, ficando sem comida. Mas Zezé (Cacau Protásio), que mora no morro onde a patroa está refém, vê os bandidos a arrastando e avisa Tufão. Este vai para lá com o pai, Leleco (Marcos Caruso), Max e uns amigos e a salva.

Continua após a publicidade
Publicidade