Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Angélica: “Se eu fosse traída, não sei nem se estaria casada mais”

Prestes a completar 40 anos, apresentadora comemora a maternidade e rebate os boatos de traição de seu marido, Luciano Huck

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 00h09 - Publicado em 13 Maio 2013, 21h00

Angélica rebate os boatos de traição
Foto: Ag.News

Angélica completa quatro décadas de vida neste ano, em 30 de novembro, mas virar uma quarentona não assusta essa paulista de Santo André. “O corpo, o cabelo, a pele, lógico que com 30 eram diferentes. Mas tanta coisa eu ganhei nesses dez anos: fiz meus três filhos, formei minha família. Eu me tornei uma pessoa mais tranquila”, afirmou a apresentadora em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, em abril. A seguir, ela fala sobre maternidade e de como concilia, com serenidade, o trabalho, o amor e a criação de Joaquim, 8 anos, Benício, 5, e Eva, 6 meses.

À prova de boatos
Angélica faz questão de dizer que sua família é sólida, não perfeita. Mas ela é enfática sobre os rumores de que teria sido traída pelo marido, Luciano Huck, com quem está casada desde 2005. “É mentira. Se eu fosse traída, não sei nem se estaria casada mais”, revelou à Folha de S. Paulo. Ela garante que, no meio do corre-corre, sempre acha tempo para curtir o marido.

Angélica: "Se eu fosse traída, não sei nem se estaria casada mais"

Luciano Huck e Angélica: família sólida
Foto: Ag.News

Uma brechinha pra malhar!
Ativa, ela aproveita cada brecha na agenda para cuidar do corpo, que está um arraso mesmo depois de três gestações. Prova disso é que encarou uma aula de pilates em pleno sabadão, como postou no Twitter. Haja disposição!

Continua após a publicidade

Apresentadora e empresária
Se já não bastasse o trabalho como apresentadora do Estrelas, programa que comanda na Globo há sete anos, a loira ainda é sócia do Baby.com.br, site que comercializa produtos para bebês e crianças.

Preocupada demais, eu?
Apesar da experiência acumulada com os três filhos, Angélica assume ser uma mãe que não relaxa e fica no pé dos filhos mesmo. “Sou criticada porque tem gente que acha que sou exageradamente preocupada e muito dedicada, mas é o jeito que eu gosto. Vivo a maternidade de forma intensa porque passa muito rápido. Daqui a pouco eles crescem.”

Angélica: "Se eu fosse traída, não sei nem se estaria casada mais"

Família reúnida: Luciano Huck e Angélica com os filhos, Joaquim, Benício e Eva
Foto: Revista CONTIGO!

Mãe triatleta
“Com a ajuda de todo mundo do trabalho, de babás, da minha mãe (…), você vai conciliando tudo. Não é fácil, acho que é uma grande gincana. Começa de manhã, no meu caso às 6 h da manhã porque estou amamentando, e termina às 22 h. Me sinto, às vezes, a Fernanda Keller (triatleta) fazendo todo o circuito”, disse Angélica em encontro com mães blogueiras organizado pelo Baby.com.br, no final de março.

Família em primeiro lugar
A bela desabafa: “Estou tendo de abrir mão de coisas, a gente sempre abre mão da gente (…) Não consegui fazer as unhas, por exemplo. O mais importante é eles (filhos) estarem bem, comerem direito, tomarem banho, escovarem os dentes…”, disse no encontro do Baby.com.br.

Continua após a publicidade
Publicidade