Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Aclamada no festival, Sandy revela medo durante show no Rock in Rio

A dupla fez show para 250 mil pessoas na terceira edição do festival, que foi marcada por críticas do público e agressões físicas.

Por Da Redação - Atualizado em 15 jan 2020, 22h09 - Publicado em 17 mar 2019, 16h50

Após muitas especulações e bafafá, a dupla Sandy & Junior confirmou seu retorno aos palcos com uma turnê totalmente nova e recheada de hits que marcaram os fãs. O reencontro da dupla fez muita gente se encher de nostalgia, lembrando também da série homônima na TV Globo e dos shows que marcaram a carreira deles.

Para quem é muito novo e não sabe como foi a febre teen no início dos anos 2000, é melhor buscar no YouTube para entender o estouro de bandas pop no Brasil e no mundo. Em 2001, o Rock in Rio estava em sua terceira edição, e na noite reservada para os “jovencitos”, o line-up contou com nomes queridinhos do público adolescente na época.

Naquela quinta-feira de janeiro (18), o festival trouxe atrações gringas de peso como Britney Spears, N’Sync, Five e Aaron Carter, só faltaram os Backstreet Boys e as Destiny’s Child para a consagração do pop mundial estar completa. Representando o cenário nacional, Sandy e Junior eram também muito aguardados entre as 250 mil pessoas que gritavam ansiosamente pelos seus ídolos.

Patrick SICCOLI/Getty Images

Acontece que dias antes, Carlinhos Brown sofreu diversas agressões verbais e físicas durante o seu show no Rock in Rio. O cantor foi hostilizado com vaias e gritos de “Queremos rock!”, além de sofrer ataques de garrafas e outros objetos ao longo de sua performance. As cenas de desrespeito deixaram uma marca negativa para aquela edição do festival conhecido no mundo inteiro.

Continua após a publicidade

Apesar do público da noite teen ser bem diferente das pessoas que estavam no show do cantor baiano, o medo ficou instaurando entre as atrações com gêneros mais distantes do rock. Com tanta hostilidade, Sandy revelou ter sentido muita tensão em ser a única banda brasileira entre os nomes internacionais no Palco Mundo daquele dia.

Reprodução/Youtube

“Foram muitos shows internacionais no Palco Mundo. O nosso foi o único nacional. Era só banda que estava muito estourada na época. A gente ficou até com medo de ser vaiado”, revelou a cantora durante o anúncio do reencontro da dupla este ano.

Mesmo com algumas falhas no som e uma pane que foi confundida com efeito de palco, o show foi um sucesso quase unânime, sendo elogiado pelo público e pela crítica (nacional e internacional), que chegou a dizer que a dupla deu um banho nas atrações estrangeiras. Dá vontade, né?

Eles vão voltar para o Rock in Rio 2019?

Infelizmente, não! Durante coletiva de imprensa para anunciar o reencontro da dupla e a nova turnê, eles acabaram com as especulações sobre uma possível participação no festival deste ano. A sétima edição do RiR começa depois do último show programado da dupla, que será em Belém, no dia 14 de setembro. Poxa!

Continua após a publicidade

Os shows do festival deste ano serão entre os dias 27 de setembro e 6 de outubro, no Parque Olímpico do Rio de Janeiro. Custando R$ 525,00, a pré-venda dos ingressos começa no dia 21 de março; para o público geral será no dia 11 de abril. Entre as atrações, Cardi B, Drake, Foo Fighters, Bon Jovi, Red Hot Chilli Peppers, Iron Maiden, P!nk, Muse e Imagine Dragons.

Publicidade