Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

A Família Real aumentou! Após teste de DNA, garota de 17 anos vira princesa

A princesa e seu irmão, Oscar, 12, são filhos da artista plástica Delphine Boes, que desde 2013 luta para ser reconhecida como filha do Rei Albert II

Por Da Redação Atualizado em 7 nov 2020, 12h42 - Publicado em 7 nov 2020, 12h40

Parece roteiro de filme, mas é realidade. Aos 17 anos, a jovem Josephine é a princesa mais nova da Europa. E ela só recebeu o título em outubro, depois de ter crescido com uma vida relativamente normal. Anos de batalha judicial foram concluídos após um exame de DNA em janeiro confirmar que sua mãe, Delphine Boël, é filha do Rei Emérito da Bélgica, Albert II.

Com isso, Josephine e seu irmão, Oscar, de 12 anos, do casamento de Delphine com o americano James O’Hara, também recebem títulos reais. Delphine, 51 anos, é uma artista plástica, filha de uma baronesa que manteve uma relação extraconjugal com o Rei. Ela também teve seu nome mudado para Delphine de Saxe-Cobourg Gotha.

Em uma entrevista, Delphine declarou que na sua infância Albert era uma figura presente, que ia sempre à sua casa e telefonava. Depois que Albert assumiu o trono, em decorrência da morte repentina de seu irmão, ele passou a ignorar a menina. Em entrevista ao Sunday Times, Delphine disse que certa vez o ligou para dizer que sua mãe estava doente e ele cruelmente respondeu: “Você não é minha filha”.

A batalha pelo reconhecimento começou em 2013 e incluiu diversas audiências. Delphine, que é herdeira de um império do aço, já declarou que não tem interesse financeiro algum, já que sua fortuna estimada é maior do que a da Família Real. Ela também já falou que não lhe interessam os títulos oficiais ou atividades da família – ela não deve assumir posições ou tarefas como princesa.

Continua após a publicidade

Agora, com o reconhecimento, os olhos se voltam para essa família que sempre levou uma vida aventureira e artística. Josephine já foi para acampamentos até na China e a família adora viajar, fazendo longos roteiros por países como Estados Unidos e Itália.

A jovem Josephine, além de ter veia artística como a mãe, está sendo exaltada pelos veículos belgas por seus empenhos filantrópicos. Através do Instagram da mãe, é possível acompanhar diversos registros de suas atividades, como doação de cabelo para vítimas de câncer de mama. Durante a pandemia, a família fez origami em uma campanha de arrecadação de dinheiro para pessoas infectadas com Covid-19.

 

Não há previsão para o Rei Albert II ou os meio-irmãos de Delphine receberem ela ou os filhos.

Continua após a publicidade
Publicidade