5 semelhanças da vida real entre Natalie Portman e Jackie Kennedy

Vida e arte costumam se misturar, mas as semelhanças podem ir ainda mais além quando trata-se de uma representação biográfica da história. Nas telonas, a atriz Natalie Portman vive Jackie Kennedy. Além da fama e da elegância, as duas acumulam mais pontos em comum. Confira alguns:

Elas levavam a escola muito a sério

Kennedy era uma estudante inteligente. Quando estava terminando o colégio, foi aceito em diversas universidades graças  aos excelentes resultados dos testes em relação aos outros candidatos.

Portman ignorou a estreia de seu filme “Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma” para estudar para os exames finais na escola. Mais tarde, entrou em Harvard, onde estudou psicologia. Ao New York Post, disse: “Eu não me importo se a faculdade prejudicar minha carreira. Eu prefiro ser inteligente do que uma estrela de cinema.”

As duas estudaram balé

Quando criança, Kennedy teve aulas de balé. O interesse continuou durante a vida e, além de apresentações, ela também apreciava livros sobre o tema. Natalie estudou balé e dança contemporânea durante a adolescência na American Theater Dance Workshop em Nova York – aulas que, inclusive, ajudaram na composição de sua personagem em Cisne Negro.

As duas aprenderam outros idiomas ainda quando crianças

Ainda jovem, Jackie já era fluente em francês, espanhol e italiano como uma criança e estudante. Já Portman cresceu falando hebraico e inglês. “Saber línguas é uma ferramenta que te ajuda em muitas situações”, afirmou.

As duas mantiveram um sentimento apaixonado pela França

A mãe de Kennedy insistiu que eles só falassem em francês na mesa de jantar. Depois, se formou em Artes e Literatura francesa em uma universidade local.

Portman estudou francês ao longo de sua vida e chegou a morar em Paris quando seu marido, Benjamin Milepied, que era coreógrafo, foi nomeado diretor do Ballet da Ópera de Paris .

Elas compartilham a ideia de que o mundo pode ser um lugar melhor

Kennedy liderou uma campanha para salvar e renovar Terminal Grand Central. Na década de 1980, ela participou de protestos contra os planos para construir um arranha-céu no Columbus Circle, que teria sombras projetadas sobre o Central Park. Portman é declaradamente vegana e trabalha para aumentar a consciência popular sobre os  direitos dos animais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s