CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Um ambiente para costurar as paixões

Após descobrir sua verdadeira vocação - o artesanato -, a moradora transformou em ateliê o quarto vago da casa.

Por Fotos: Marco Aurélio/Visograph Atualizado em 19 fev 2020, 13h32 - Publicado em 17 dez 2016, 17h00

Foi navegando na internet que Ana Costa se interessou por um texto de como iniciar um pequeno negócio de artesanato. O principal era dispor de um local bacana para trabalhar, e ela já contava com um. A máquina de costura veio da mãe e uma amiga ensinou o trabalho. Aos poucos, o ambiente foi ganhando materiais, móveis e enfeites (de tecido, claro!). De tanto alimentar o passatempo, ele virou trabalho e ela começou o blog Costurices no Cafofo.

Prateleiras e compartimentos põem ordem na área

* Ana gosta de expor fotos e recados no mural de tecido feito pelo pai – o marrom-claro da parede (Mocha, da Sherwin-Williams) destaca esse canto. Ali, uma mesa azul, que pertencia a um tio, apoia a máquina de costura elétrica, usada todos os dias. A outra máquina, de ferro, foi presente e decora o extremo oposto do quarto.

* A bancada de corte dos tecidos (1,20 x 0,60 x 0,77 m), renovada com laca branca, conquistou o centro do espaço.

* Projetada pela amiga arquiteta Flávia Thomé, a estante baixa, de MDF laqueado (1,50 x 0,35 x 0,85 m), acomoda fitas, botões, retalhos e livros.

Continua após a publicidade
Publicidade