CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Espaço gourmet com decoração caprichada para as festas

Até a minivaranda pode se transformar em um lugar repleto de charme e conforto para receber os amigos e celebrar um Natal bem brasileiro

Por Texto: Daniel John Furuno | Reportagem Visual: Juliana Corvacho | Fotos: Luis Gomes Atualizado em 19 fev 2020, 11h37 - Publicado em 17 nov 2017, 13h50

Longe se vão os tempos em que a varanda era utilizada basicamente para colocar vasos de plantas – hoje, ela se tornou verdadeiro objeto de desejo de quem mora em apartamento. Acontece que nem todo mundo dispõe de metragem suficiente para montar um amplo espaço integrado de convivência. Assim, a pedido de MinhaCasa, a arquiteta Stephanie Esposito, de São Paulo, elaborou um projeto que comprova que até o mais modesto dos cantinhos tem potencial para se tornar aquele ambiente que encanta as visitas – inclusive nas comemorações de final de ano. O cuidado na escolha de cores e móveis e a criatividade para reaproveitar o que se tem são alguns dos macetes – confira todos a seguir e inspire-se.

Luis Gomes/Minha Casa

Circulação é tudo

Ilustração Alice Campoy/Minha Casa

A mesa de refeições (1) é dobrável, com largura de 0,54 a 1,08 m. Mesmo na extensão máxima, ela mantém distância suficiente do guarda-corpo (2) para não prejudicar a passagem – a arquiteta recomenda de 60 a 70 cm. Já entre o móvel e a pia (3), o espaçamento mínimo é de 80 cm, para garantir o conforto de quem senta à mesa e permitir a abertura das portas do gabinete.
Charme gastando pouco

Luis Gomes/Minha Casa

º Seja dando apoio à sala de jantar ou atuando como local para servir a sobremesa, a mesa da varanda ganha vida com medidas simples. “Guardanapos coloridos e garrafas com flores são soluções baratas que dão um toque especial”, diz Stephanie.

Continua após a publicidade

º A escadinha com objetos decorativos é outro recurso em conta – e os itens podem ser trocados de acordo com a época do ano. “O visual rústico da madeira contrasta muito bem com peças mais elaboradas”, recomenda a arquiteta.
º Atenção ao escolher o pendente. “Em locais estreitos e com pé-direito baixo, opte por modelos pequenos e achatados, como fizemos aqui”, indica.
Reinventar para decorar

º Além da escadinha, a jabuticabeira também foi enfeitada com um cordão de luz, transformando a planta em uma árvore de Natal com tempero brasileiro, já que se trata de uma espécie nativa de nosso país. “E nem é preciso desmontá-la no final do período de festas, pode-se mantê-la o ano inteiro”, sugere Stephanie.

Luis Gomes/Minha Casa

º A prateleira estreitinha oferece espaço para apoiar minivasos e outros objetos sem atrapalhar o serviço na bancada da pia. Outro detalhe marcante é o uso do centro de mesa e do sousplat como enfeites de parede. “Itens vazados como esses são delicados e dão graça à decoração”, afirma.
Simples e lindo

Arte/Minha Casa

º O tom goiaba é a estrela do projeto, complementado pelo azul do pendente e pelo verde das plantas.

Luis Gomes/Minha Casa

º Madeira e cinza formam a necessária base neutra.
º Para os itens mais caros, foi eleito o branco – assim, se a decoração enjoar, dá para trocar os demais objetos sem erro.

Continua após a publicidade

Publicidade