Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Apartamento de 37 m² tem decoração inspirada em Londres

Com cores e revestimentos marcantes, cômodos unidos e uma pegada urbana que remete a viagens, este apê é pura personalidade

Por Texto: Daniella Grinbergas Reportagem visual: Juliana Corvacho Fotos: Paulo Santos - Atualizado em 19 fev 2020, 10h30 - Publicado em 12 jul 2018, 15h27
Paulo Santos/Minha Casa

A sintonia entre elas se reflete no apartamento da publicitária Anne Caroline, decorado pela irmã, a designer de interiores Patrícia Ribeiro. “Ela me conhece, sabe do meu gosto por um visual original, e conseguiu concretizar o que eu imaginava”, afirma a moradora. Tudo começou com o quebra-quebra que otimizou as áreas e tornou o layout mais funcional. Na fase dos acabamentos, a sala e a cozinha integradas ganharam tons escuros e um clima cosmopolita. “Minha irmã adora viajar e morou quatro anos em Londres, então inserimos referências aos pubs ingleses e ao agito da cidade. Já o quarto e o banheiro mostram seu lado delicado, feminino e calmo”, explica Patrícia. Quem chegou depois foi o tatuador e grafiteiro Daniel Zero, agora marido da publicitária, que aprovou o resultado de cara!

Cozinha prática e discreta

Paulo Santos/Minha Casa

Com o quebra-quebra, restou apenas uma parede extensa (3 m) a ser ocupada pelos móveis planejados e eletrodomésticos, incluindo a máquina lava e seca, já que não há mais área de serviço – o tanque foi parar na varanda.

Paulo Santos/Minha Casa

“Como o estar ganhou uma cor chamativa, solicitei que a cozinha integrada fosse toda preta, para ter menos destaque”, justifica Anne Caroline. Atendendo a esse pedido, Patrícia especificou laminado preto fosco para os armários, granito são gabriel para a pia e pintou a alvenaria na cor Buraco Negro (ref. R153, da Suvinil) – repare que nem mesmo os espelhos dos interruptores escaparam da tinta.

Continua após a publicidade
Paulo Santos/Minha Casa

A bancada que faz a divisa com a ala social foi feita na obra com tijolinhos, e o tampo, com cimento queimado. O material também reveste o piso desse ambiente.

União bem definida e harmônica

Paulo Santos/Minha Casa

“Para a sala, pensamos em uma parede com um tom puxado para o vermelho, porém mais aconchegante. Então escolhi um que tem um pouco de bordô e rosa (Batom de Cereja, ref. R104, da Suvinil”, diz Anne Caroline. As demais superfícies são cinza e com tijolinhos aparentes, remetendo aos pubs que ela frequentava. Outra referência à Inglaterra, o sofá é inspirado no famoso Chesterfield (similar: da Castor, de courino preto, de 2,28 x 0,92 x 0,78 m*), modelo da era vitoriana, que cria um mix interessante de épocas no estar.

Paulo Santos/Minha Casa

A divisa entre os dois ambientes se dá por meio de três elementos: o piso, que se divide entre cimento queimado e os tacos de madeira originais do apartamento; o balcão americano, que tem função de mesa de refeições para os moradores; e uma viga estrutural no teto, resultante da quebra de paredes que juntou os cômodos. Repare que, acima da bancada, um trio de pendentes vai preso a um trilho eletrificado fixado diretamente nessa viga.

Continua após a publicidade

Ala íntima com outro clima…

Paulo Santos/Minha Casa

Fugindo da proposta vibrante que predomina na parte social, o quarto e o banheiro ficaram clarinhos para proporcionar a sensação de relaxamento. O dormitório tem todas as paredes brancas, mas claro que não poderiam faltar detalhes que chamam a atenção. A cabeceira é um modelo estofado, no limite da largura do leito e quase scondida. Entretanto, quem captura os olhares é o grande painel feito com papel de parede, instalado acima da altura do interruptor. “Minha irmã optou por fazer uma espécie de quadro com esse revestimento que comprou fora do Brasil”, explica Patrícia. A moldura ficou por conta de rodameios de poliuretano.

Paulo Santos/Minha Casa

A varanda também tem seu papel na decoração do interior: cheia de personalidade, ela empresta ao quarto o colorido alegre do grafite feito na mureta pelo próprio morador.

Paulo Santos/Minha Casa

Delicado, o banheiro recebeu uma pintura lilás (cor Água de Cheiro, ref. H023, da Suvinil). O ar de camarim vem do espelho, que exibe lâmpadas bolinha leitosas encaixadas na moldura de madeira pintada de branco.

Continua após a publicidade

Nova configuração

Alice Campoy/Minha Casa

Paredes demolidas, sala e cozinha se uniram, incorporando a antiga lavanderia. O banheiro recuou para que a entrada (1) fosse deslocada, já que antes era preciso passar pelo quarto para acessá-lo.

*Largura X Profundidade X Altura

Publicidade