Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Água: use menos e tenha sempre

Todo mundo se esforça para economizar dinheiro, então, por que não fazer o mesmo com um bem ainda mais precioso e cada vez mais escasso? Confira, a seguir, uma seleção de produtos e dicas práticas para reduzir o consumo e evitar o desperdício.

Por Minha Casa Digital Atualizado em 19 fev 2020, 15h02 - Publicado em 6 fev 2015, 14h59

No decorrer dos dois minutos que você provavelmente levará para ler esta página, uma torneira com apenas meia volta de abertura despejará 5 litros de água – todo o conteúdo de um garrafão – pelo ralo. Parece um desperdício sem propósito? Então, pense nisto: dois minutos é também o tempo mínimo recomendado para a correta escovação dos dentes. Deixar a torneira aberta nesse momento deveria soar tão absurdo quanto na situação anterior, no entanto, é um hábito que muitos ainda mantêm. A crise de abastecimento hídrico que atinge inúmeras regiões do país exige ações urgentes, e talvez a principal delas seja a adoção do uso racional – algo que depende de cada um de nós. É verdade que mudanças de atitude não acontecem do dia para a noite. Felizmente, existem produtos que nos auxiliam nessa árdua tarefa. E, quem sabe, trocar a velha torneira por uma mais econômica pode até ser o primeiro passo para começar a lembrar de fechá-la enquanto escova os dentes. Ou você prefere gastar 5 litros de água em vez de 500 ml? Eis aí uma decisão que não deve levar mais do que dois segundos.

Menor vazão para deixar corpo e consciência limpos

Chuveiros elétricos têm baixa vazão de água, uma vez que sua resistência não tem capacidade para aquecer grandes volumes. Já duchas alimentadas por sistema de aquecimento a gás não apresentam essa limitação. Com isso, oferecem maior conforto no banho, porém, gastam mais – despejam cerca de 20 litros por minuto contra média de 4,5 litros por minuto dos elétricos. A saída, nesse caso, é instalar um restritor de vazão, que reduz o fluxo. Mas vale lembrar que nem todos os chuveiros possuem encaixe para a peça. Os modelos mais modernos, em contrapartida, já vêm de fábrica com ela.

Dica Minhacasa: abrevie a cantoria. Reduzir o tempo de banho de 15 para 8 minutos pode representar uma economia de mais de 4 mil litros em um mês.

Um pouco de ar reduz o gasto, mas não o conforto

Uma torneira com abertura total gasta em torno de 12 litros por minuto. Só que esse valor precisa ser multiplicado pelo número de ambientes da casa que possuem uma instalação: cozinha, banheiro, lavanderia… A fim de deixar a conta mais favorável ao bolso e ao planeta, muitos dos novos modelos vêm equipados com arejador – similar ao restritor dos chuveiros, ele mistura ar ao líquido, o que faz com que o fluxo (assim como o conforto) continue quase o mesmo, embora a quantidade de água que jorra seja menor. A peça pode ser embutida ou encaixada no bico articulável, e ter diferentes vazões.

Dicas Minhacasa: torneira aberta é sinônimo de desperdício, portanto, deixe-a fechada sempre que possível. Coloque uma bacia dentro da pia ao lavar a louça para coletar e reaproveitar água. E ao escovar os dentes, use um copo para fazer bochechos.

Para a bacia sanitária, não há truque: aposente a velha e invista na nova

Quem mora em um imóvel com mais de 15 anos pode estar gastando água à toa. Isso porque os vasos sanitários antigos, em função de seu tamanho e do desenho do sifão, exigiam um volume de 9 a 12 litros para dar a descarga, independentemente do tipo de caixa utilizado. “A partir do início dos anos 2000, começaram a ser produzidos modelos que usam apenas 6 litros”, conta Osvaldo Barbosa de Oliveira Jr., engenheiro de aplicação da Deca. Hoje, a medida é praticamente padrão de mercado – um ótimo motivo para enfim trocar aquela bacia antiquada. Mas lembre-se: se a válvula não for substituída também, é preciso fazer a regulagem para adequá-la à nova vazão.

Dica Minhacasa: cuide não só do vaso, mas de todo o sistema. Um vazamento no tubo de alimentação, por exemplo, pode resultar em perda de mais de 140 litros por dia! Osvaldo recomenda que a manutenção seja feita pelo menos a cada seis meses.

Continua após a publicidade

Válvula de descarga: solução em dois tempos – e em dois botões

Além das bacias, as válvulas também evoluíram em prol do meio ambiente. Hoje, existem diversas opções de modelos de duplo acionamento, que possibilitam a descarga completa e a meia-descarga, usada para descarte de líquidos. Muitas caixas acopladas já dispõem desse sistema, mas também é possível colocá-lo no lugar do convencional de parede ou instalá-lo com caixas de embutir, sendo preciso apenas verificar a compatibilidade. “O mecanismo das válvulas novas não funciona com vasos fabricados antes de 2002, e vice-versa”, aponta Osvaldo, da Deca.

Dica Minhacasa: deixe um balde dentro do boxe enquanto toma banho e aproveite a água recolhida para despejar no vaso. Diminuindo o número de acionamentos da válvula de 10 para 8 vezes por dia, é possível poupar cerca de 350 litros em um mês.

Tecnologia torna a lavagem mais eficiente e ecológica

Dentre os eletrodomésticos presentes na maioria das casas, a lavadora de roupas é certamente o que mais “bebe”. Por isso, na hora de escolher a sua, vale a pena verificar quanta água ela utiliza a cada ciclo – essa informação normalmente consta no manual do aparelho. Os modelos com melhor desempenho no quesito consomem abaixo de 10 litros por quilo de roupa. Os do tipo front load tendem a ser os que gastam menos, já que não precisam encher todo o tanque com água para funcionar, mas alguns top load contam com recursos que os tornam tão ou mais econômicos.

Dica Minhacasa: acumule roupa suja. Usando a lavadora somente quando ela estiver com a capacidade máxima, você evita o esbanjamento.

Itens pequenos, capazes de promover uma economia enorme

Dentre os eletrodomésticos presentes na maioria das casas, a lavadora de roupas é certamente o que mais “bebe”. Por isso, na hora de escolher a sua, vale a pena verificar quanta água ela utiliza a cada ciclo – essa informação normalmente consta no manual do aparelho. Os modelos com melhor desempenho no quesito consomem abaixo de 10 litros por quilo de roupa. Os do tipo front load tendem a ser os que gastam menos, já que não precisam encher todo o tanque com água para funcionar, mas alguns top load contam com recursos que os tornam tão ou mais econômicos.

Dica Minhacasa: acumule roupa suja. Usando a lavadora somente quando ela estiver com a capacidade máxima, você evita o esbanjamento.

Se você comprou um novo chuveiro ou torneira e quer reduzir mais um pouco sua vazão (ou aumenta-lá, se for o caso), consulte o fabricante – algumas marcas comercializam essas peças de forma avulsa. Há, ainda, empresas que vendem bicos com arejador para torneira – no entanto, como não existe padronização de medidas, é preciso verificar se são compatíveis com o modelo que você já tem.

Diminuir o tempo do banho exige disciplina, algo que pode ser difícil de impôr em lares com crianças e adolescentes. Uma alternativa é apelar aos temporizadores para chuveiro, que cortam automaticamente a água ao término de um intervalo pré-definido.

Continua após a publicidade
Publicidade