Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Florinda Meza critica a saída de Chaves do SBT: “É uma agressão”

Atriz que interpretava Dona Florinda diz que decisão vai contra os princípios da Televisa e que desrespeita os fãs do seriado

Por Da Redação - Atualizado em 3 ago 2020, 14h52 - Publicado em 3 ago 2020, 14h00

Florinda Meza, atriz que ficou conhecida por seu papel como Dona Florinda em Chaves, usou suas redes sociais para criticar a retirada do seriado da programação do SBT, fruto de um problema de direitos autorais relacionados à rede mexicana Televisa. O impasse também fez com que os seriados Chapolín e Chespirito também fossem retirados da programação.

“Qual a minha opinião sobre deixar de transmitir o programa Chespirito? Ainda que eu não tenha nada a ver com isso, porque, inexplicavelmente, não fui convocada para as negociações, creio que agora, quando o mundo mais precisa de diversão, fazer isso é uma agressão às pessoas”, escreveu no Twitter.

Chespirito foi a origem de Chaves, que inicialmente era um quadro do programa e, posteriormente, evoluiu como um seriado independente. Nele, também era exibido o quadro Chapolín.

Na série de tweets, Florinda criticou a postura da Televisa e disse que a decisão vai contra os próprios interesses comerciais da empresa. “Neste momento [da pandemia do novo coronavírus], queremos ver tudo aquilo que nos lembre um mundo que já foi melhor. Chespirito é um programa cultural”, escreveu. “Pretender eliminá-lo é uma medida pouco inteligente. É triste comprovar que na sua casa, a quem você deu milhões de dólares, é onde menos te valorizam”, completou.

Florinda, que foi casada com Roberto Gómez Bolaños, intérprete de Chaves que faleceu em 2014, chegou ainda a declarar que a retirada de Chaves da televisão é um “ato incompreensível que chuta sua memória e o que ele mais respeitava: seu público”. “É a primeira vez que encontro uma razão para dizer: ‘que bom que meu Rober não está neste mundo!'”, escreveu.

Entenda por que Chaves não é mais exibido no Brasil

No sábado (01), o SBT anunciou que deixará de exibir Chaves, Chapolín e Chespirito devido a um problema de direitos autorais relacionado à Televisa.

“A partir deste sábado, 01 de agosto, o SBT deixará de exibir o seriado ‘Chaves’. A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/07), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias”, diz comunicado da emissora de Silvio Santos.

Segundo o SBT, havia um acordo verbal para seguir transmitindo os seriados no futuro, mas que circunstâncias expostas pela Televisa impossibilitaram que ele fosse oficializado. “A exibição dos seriados Chaves, Chapolin e Chespirito estaria garantida até 31/07/2020, com possibilidade de renovação entre as partes, o que verbalmente havida sido confirmado. No entanto, a negativa em relação ao acordo com o grupo detentor de direitos intelectuais sobre as histórias, chegou a apenas poucos dias do fim do contrato”, diz a nota.

“O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente”, conclui.

Conversando sobre notícias ruins com as crianças

 

Continua após a publicidade
Publicidade