Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

11 palavras intraduzíveis traduzidas em forma de arte

A artista Marija Tiurina exprime termos de diferentes idiomas em ilustrações incríveis!

Por Gabriela Kimura - Atualizado em 21 jan 2020, 20h33 - Publicado em 16 jul 2015, 09h54

A gente bem sabe que existem alguns termos que dificilmente você conseguiria explicar para alguém com uma palavra só. Além disso, muitas vezes eles têm um significado cultural especial da própria língua que estrangeiros não compreenderiam. Para solucionar esse problema, a artista londrina Marija Tiurina criou ilustrações lindas para visualizar essas explicações complexas de linguagem:

1. Palegg, do norueguês: tudo e qualquer coisa que pode ser colocado em uma fatia de pão.

Reprodução
Reprodução

Sintetiza manteiga, geleia, requeijão, cream cheese, queijo, Nutella em uma palavrinha só.

2. Tingo, do pascuense (língua dos nativos da Ilha de Páscoa): o ato de pegar objetos desejados da casa de um amigo, normalmente pedindo emprestado e não devolvendo.

Continua após a publicidade
Reprodução
Reprodução

Da próxima vez que aquela pessoa te pedir emprestado alguma coisa, lança logo um Tingo!

3. Torschlusspanik, do alemão: é o pânico de que as oportunidades vão diminuindo conforme a pessoa vai envelhecendo.

Reprodução
Reprodução

Ainda bem que inventaram uma palavra só para descrever essa sensação assombrosa.

4. Duende, do espanhol: o poder misterioso que uma obra de arte causa em uma pessoa.

Continua após a publicidade
Reprodução
Reprodução

A emoção da arte é apenas indescritível (e nada tem a ver com o nosso termo “duende”, ok?!).

5. Age-otori, do japonês: ficar pior depois que você corta o cabelo.

Reprodução
Reprodução

“Cortaram mal o meu cabelo, ai ai ai o que vou fazer…”

6. Cafuné, do português brasileiro: o ato de fazer carinho com os dedos nos cabelos de alguém.

Continua após a publicidade
Reprodução
Reprodução

Se algum dia você precisar explicar para um amigo, essa é a definição.

7. Kyoikumama, do japonês: a mãe que “empurra” implacavelmente o(a) filho(a) para ter grandes conquistas acadêmicas.

Reprodução
Reprodução

Lembra quando sua mãe ficava tomando a tabuada? Então…

8. Luftmensch, do ídiche: literalmente significa “pessoa aérea” ou então aquela que vive sonhando, com a cabeça nas nuvens.

Continua após a publicidade
Reprodução
Reprodução

Esse é aquele seu amigo pisciano!!

9. Baku-shan, do japonês: uma moça que é bonita vista de costas.

Reprodução
Reprodução

É quando o formato da cabeça, dos ombros e os cabelos criam um conjunto único que não tem relação com o rosto.

10. L’appel du vide, do francês: literalmente seria o “chamado do vazio”, mas é usada para descrever a vontade quase incontrolável de pular de lugares altos.

Continua após a publicidade
Reprodução
Reprodução

Eu, hein?!.

11. Schadenfreude, do alemão: o sentimento de prazer em ver a desgraça de outras pessoas.

Reprodução
Reprodução

A gente bem que tenta ser legal, mas… É inevitável sentir schadenfreude de vez em quando!

Publicidade