Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Certo e errado: aprenda a combinar estampas na decoração

Quem disse que combinar listras, xadrez, floral e outros padrões não dá bossa? O mix de estilos está na moda, traz personalidade à decoração e pode, sim, agradar dos mais ousados aos mais discretos. Confira as dicas de especialistas para montar composições criativas e de muito bom gosto.

Por Por Carine Savietto | Reportagem visual Paulo Lagreca | Fotos Luis Gomes - Atualizado em 19 fev 2020, 14h13 - Publicado em 14 out 2015, 14h59

Estabeleça um elo entre os desenhos:

– A lição número 1 para conseguir um resultado harmônico é eleger uma cor ou um grafismo como ponto de partida. Neste quarto, a escolha recaiu sobre o tom verde da parede da cabeceira.

– Prefira estampas que remetam à mesma atmosfera – a ideia, aqui, foi apostar no romantismo. “A lógica é igual na decoração e na moda. Para ‘dar liga’, os motivos precisam ter o mesmo clima”, afirma Kátia Barros, estilista e proprietária da grife carioca Farm.

– “O principal erro na foto à esquerda é o exagero na mistura de padronagens e de cores chamativas”, diz o arquiteto Joel Mendes, de São Paulo, consultado para a reformulação dos ambientes. “Como não tinham nada em comum, os elementos acabavam competindo entre si.”

Continua após a publicidade

Fotos Luis Gomes

Aposte em uma base neutra para dar equilíbrio à combinação

– Nesta sala de estar da foto à direita, o bege do sofá e o azul-clarinho da parede nortearam as composições: repare como as tonalidades foram reproduzidas no tapete, na manta e nas almofadas. Já que as cores neutras favorecem a mistura de estampas, o arquiteto Joel Mendes pôde brincar à vontade com motivos de personalidades bem diferentes.

Continua após a publicidade

– A associação de tons da mesma família nem sempre se traduz em harmonia. Na foto à esquerda, as versões de azul não conversam. O preto também destoa: “Se o espaço tivesse móveis ou alguns objetos escuros, isso não causaria estranhamento”, explica o arquiteto.

– Evite juntar motivos com personalidades marcantes demais, como os temas pop e étnico.

– Listras são fáceis de combinar. Na foto à direita, comparecem no tapete, na cortina e na manta sem brigar com as almofadas estampadas nem com o quadro.

Continua após a publicidade

Fotos Luis Gomes

Dica MINHA CASA: não se preocupe se você gostou dos ambientes classificados como “errados”. “Conjuntos excêntricos tendem a deixar a decoração pesada, mas nada é proibido. O importante é fazer bem aos olhos”, diz Kátia Barros.

Publicidade