Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Arquiteto Pedro Lázaro cria tapetes que são verdadeiras obras de arte

Inventada sob o impacto da pandemia, a nova coleção de tapetes-arte é um alívio para a alma ao trazer energia, afeto, história e uma profusão de cores

Por Redação/CASACOR Atualizado em 28 ago 2021, 18h12 - Publicado em 28 ago 2021, 09h00
tapetes pedro lázaro
divulgação/CASACOR


Se arte imita a vida, segundo a máxima de Aristoteles, para o arquiteto
Pedro Lázaro arte é a forma e a função da própria vida. Foi durante o ano de reclusão em seu apartamento em Belo Horizonte que Pedro extrapolou as fronteiras criativas da arquitetura, na melhor tradição dos modernistas. Além de escrever, pesquisar e estudar, o profissional se dedicou ao desenho, à pintura em aquarela e por meio desse fluxo de ideias livres e soltas chegou à diversas composições.

O resultado desse processo criativo mais introspectivo e sem um destino imediato surgiu no começo do ano com o convite de transformá-las em uma coleção de tapetes produzidos pela Punto e Filo. São mais de 120 peças lançadas em São Paulo que seguem viagem para Belo Horizonte e outras capitais brasileiras.            

tapetes pedro lázaro
divulgação/CASACOR

Pedro Lázaro é um desses incríveis arquitetos brasileiros que são capazes de transitar com maestria entre as mais variadas formas de expressão. O arquiteto além de designer, cenógrafo, curador, colecionador é sobretudo um observador do universo ao seu redor. É dessa observação prosaica conquistada pela impossibilidade de sair de casa que Pedro encontrou ideias no próprio la como na forma da orquídea do jardim ou no desenho da falsa-vinha que cresce ao longo da parede.

tapetes pedro lázaro
divulgação/CASACOR

E ainda foi observando ora a estampa de uma peça preciosa do guarda-roupa de sua mãe que remete aos Gobelins francês, ora na arquitetura e nas cores de Luis Barragán que Pedro Lázaro foi compondo um coleção de desenhos. Resumindo, a inspiração do arquiteto surgiu da observação da natureza e os desdobramentos da memória afetiva tanto familiar quanto profissional como da moda e da arquitetura.

tapetes pedro lázaro
divulgação/CASACOR

A coleção está dividida em quatro módulos: Botânico, Foliage, Arqmex e Econyl. Este último módulo foi totalmente produzido com matéria prima proveniente da reciclagem do Nylon das redes dos pescadores, que são muitas vezes descartadas nos oceanos e aterros e ganham vida nova por meio de processo de reciclagem da empresa italiana Aquafil – produtora do fio reciclado.

tapetes pedro lázaro
divulgação/CASACOR

Em produção para mercado desde o início do ano, as mais 120 peças compõem uma coleção autoral criada com delicadeza e versatilidade. São desenhos diversos entrados a partir de composições raras que oferecem possibilidades de cores, formas e medidas para todos os ambientes da casa. Segundo Pedro Lázaro, os tapetes demarcam os ambientes, organizam a atmosfera e potencializam os sentimentos de afetividade e conforto.

tapetes pedro lázaro
divulgação/CASACOR

Pedro Lázaro é um dos participantes mais assíduos da mostra CASACOR Minas e, desde 2015, integra o elenco da CASACOR em São Paulo.

Em seus belos e marcantes projetos, o arquiteto sempre fez o cruzamento desses elementos que percorrem de forma indelével todos os seus projetos: arte, história, memória, moda e natureza. São todos eles ambientes que oferecem uma intimidade com o simples, o refinado e com o humano e que capturam o olhar de forma arrebatadora. Clique para conhecer o Hotel Coral, criado para a CASACOR São Paulo 2019.

tapetes pedro lázaro

  • Continua após a publicidade
    Publicidade